Nelson de Sá

Toda Mídia

 

35 milhões ainda não têm rede de esgoto

Escalada do "Jornal Nacional":

Um assassinato completa dez anos com o assassino longe da cadeia mesmo tendo confessado. É o resultado dos recursos da defesa do jornalista Pimenta Neves.
O IBGE anuncia números de um Brasil sujo. Os lugares que ainda não têm serviço de água e esgoto.
Na série sobre as preocupações dos brasileiros, o item número quatro, salário e emprego.
Cientistas provocam incêndio para estudar a recuperação das florestas.
Anunciada uma nova negociação de paz entre israelenses e palestinos.
Mano Menezes convoca seleção para treinos na Europa. 

Do "Jornal da Record":

Pesquisa do IBGE revela como vivem os brasileiros.
Estados Unidos irão reunir israelenses e palestinos para acordo de paz.
Fim de uma tradição de 900 anos. Primeira mulher a conduzir uma gôndola começa a trabalhar hoje em Veneza.
Correnteza destrói ponte e trem cai em rio, na China.
Pelo menos 70 baleias encalharam em uma praia da Nova Zelândia.
Mano Menezes chama atletas do exterior na segunda convocação.
Oscar Schmidt é escolhido para entrar no hall da fama da Federação Internacional de Basquete.
Calor de 47 graus causa transtornos em Israel.
Vagas abertas. Comércio e indústria começam as contratações para o Natal. 

E do "SBT Brasil":

Milhões de trabalhadores não voltam para casa todos os dias porque falta dinheiro para o transporte.
Trinta e cinco milhões de brasileiros vivem sem o acesso a rede de esgoto, segundo o IBGE.
Um menino de 13 anos é acusado de espancar uma menina de 9.
Um traficante forjou o próprio sequestro para roubar dinheiro dos pais.
A greve dos médicos residentes se espalha pelo país e causa transtornos em hospitais.
Para o Ministério da Justiça, quem faz compras na internet tem os mesmos direitos de quem vai ao shopping.
A enchente destrói uma ponte e deixa um trem pendurado na China.
O fogo avança na maior plantação de castanheiras da Amazônia.
A fórmula do Santos para segurar Neymar e Ganso por pelo menos mais um ano.
Na segunda convocação, Mano Menezes chama para a seleção brasileira apenas jogadores que estão na Europa. 

A coluna e o blog voltam na segunda-feira.

Escrito por Nelson de Sá às 22h14

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Quem será Dilma?

De Fernando de Barros e Silva:

Na definição de um observador agudo da vida brasileira, Dilma Rousseff parece uma líder estudantil preocupada o tempo todo em disfarçar que é de esquerda. De certa forma, tudo nela virou disfarce. Sua propaganda transforma o país em cidade cenográfica, onde se desenrola, em película, o enredo apoteótico do lulismo. A política se dilui numa espécie de comunhão familiar, na qual Dilma ora é a mãe, ora é a mulher, ora é a herdeira de Lula ou do Brasil. Não há eleição sem teatro, sabemos disso, mas as personas políticas de Serra e de Marina não parecem ser anteriores às suas identidades. De Dilma seria mais difícil dizer o mesmo. Sob a figura enigmática da candidata replicante, há uma questão de fundo: Dilma suscita expectativas de setores do PT e temores de parte da oposição pela mesma razão. A saber: que venha a fazer um governo claramente orientado à esquerda. Caberá à história, quem sabe, decifrar essa esfinge

E de Eliane Cantanhêde:

Quanto mais Dilma cresce e se aproxima da vitória no primeiro turno, mais dúvidas surgem sobre seu eventual governo. Sabe-se muito pouco de Dilma Rousseff. Ela virou a ministra-forte e evoluiu para ser candidata por instinto e capricho de Lula. Rejuvenesceu, coloriu os cabelos, maquiou o rosto, trocou o guarda-roupa. Foi treinada, enfrentou bem entrevistas ao vivo e debates. Mas o que está por baixo de tudo isso? Cabe perguntar o que vem por aí caso Dilma seja a primeira mulher a subir a rampa do Planalto. Não dá para apostar como será Dilma ao trocar o personagem de candidata pelo de "mãe dos brasileiros". Simplesmente porque não se sabe quem é Dilma.

Escrito por Nelson de Sá às 11h06

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Serra ao lado de Lula, "de forma patética"

Para as edições, FSP (índice), VE (índice), ESP e BE. Para sites, FSP, VE, ESP e BE.

Escrito por Nelson de Sá às 10h30

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Petrobras deve adiar?

 

Para as edições, OG e OD. Para os sites, OG e OD.

Escrito por Nelson de Sá às 10h26

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Obama vai convidar israelense e palestino

 

Para as edições, NYT, WSJ, CD e FT. Para os sites, NYT, WSJ, CD e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 10h16

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Jogando China contra Índia

Para as edições, Time e Economist. Para sites, Time e Economist.

Escrito por Nelson de Sá às 10h00

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Só fato novo

Leia a coluna "Toda Mídia" de hoje com links. Na Folha digital, à pág. A13.

Escrito por Nelson de Sá às 09h50

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Na pauta eleitoral, segurança pública

Escalada do "Jornal Nacional":

O presidente do TRE de Sergipe fala sobre o atentado de que escapou. E afirma que usou a arma do motorista ferido para atirar nos criminosos.
Segurança pública é a terceira maior preocupação dos brasileiros, segundo pesquisa exclusiva do Ibope.
Um touro avança sobre a plateia na Espanha.
Momento histórico. Soldados americanos de combate deixam o território do Iraque.
Histórias brasileiras no esporte. Fabiana Murer no salto com vara. Na piscina, César Cielo e o paraatleta da natação.
CBF anuncia punição para clube do Campeonato Brasileiro.
O Internacional, de Porto Alegre, é bicampeão da Libertadores. 

Do "Jornal da Record":

Fumaça das queimadas impede voos regionais na Amazônia.
Rapaz que descobriu a quadrilha de vampiros na internet conta por que denunciou a morte de uma adolescente.
Sem medo. Depois do atentado, presidente do TRE de Sergipe volta ao trabalho.
Com medo. Cartilha ensina professores e alunos a se proteger da violência.
Bandidos armados bloqueiam uma das principais estradas do país e quase levam veículo com um bebê.
Fúria animal. Dois irmãos são mortos por cães rottweiler. Touro pula arquibancada e ataca plateia.
A censura e a tortura na América do Sul. Justiça da Venezuela proíbe imagens de violência depois de jornal publicar fotos de cadáveres. Na reportagem especial, como os regimes militares se uniram para prender e matar os adversários.
Perto da medalha. Brasil está em 18 finais nos Jogos Olímpicos da Juventude. 

E do "SBT Brasil":

Dez anos após confessar o assassinato da namorada, o jornalista Pimenta Neves continua fora da cadeia.
Sequestradores mantêm uma comerciante trancada no armário durante oito dias.
Desembargador do Supremo que sofreu atentado volta ao trabalho e a polícia procura quem atirou.
As últimas unidades de combate americanas deixam o Iraque.
O dia do touro que pulou a cerca e avançou sobre o público.
A mesma gráfica de onde roubaram a prova do Enem foi liberada pela Justiça para imprimir o próximo exame.
Quase 400 milhões de ovos retirados do mercado americano.
A Vigilância Sanitária proíbe o consumo de doces feitos em tachos de cobre.
A festa do Internacional, bicampeão da Libertadores.

Escrito por Nelson de Sá às 22h38

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Murdoch toma partido

No "New York Times", "News Corp. dá US$ 1 milhão aos republicanos":

O conglomerado de mídia encabeçado por Rupert Murdoch está se inserindo nas corridas republicanas de modo audacioso, com uma doação de US$ 1 milhão. A contribuição da News Corp. de Murdoch, que é dona de Fox News, "Wall Street Journal", "NY Post" e de outros, é uma das maiores jamais feitas por uma organização de mídia, segundo especialistas em financiamento de campanha.

Para o site Politico, US$ 1 milhão não é "business as usual", tanto no tamanho, "de abrir os olhos", como no estilo, ao não se preocupar em dar contribuição semelhante para os democratas.

Segundo o próprio "Wall Street Journal", o dinheiro "tornou a News Corp. um dos maiores doadores corporativos dos republicanos na temporada". E "marca uma mudança para o gigante de mídia, que tradicionalmente dava somas menores e as dividia de forma igual entre os dois partidos".

E o caso foi parar no "Daily Show" de Jon Stewart, com uma paródia de Glenn Beck, o âncora populista da Fox News:

The Daily Show With Jon StewartMon - Thurs 11p / 10c
News Corp. Gives Money to Republicans
www.thedailyshow.com
Daily Show Full EpisodesPolitical HumorTea Party

Escrito por Nelson de Sá às 12h02

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Curada e de bolso cheio

De Mônica Bergamo, em reportagem:

Dilma Rousseff passou por uma bateria de exames no hospital Sírio-Libanês na noite de ontem. Fez um check-up e exames de imagem mais detalhados. Tais exames, cujos resultados já saíram, mostram que está curada do câncer linfático do qual se tratou no ano passado. Dilma foi atendida pelos médicos Roberto Kalil Filho, cardiologista, Paulo Hoff, oncologista, e Yana Augusta Sarkis Novis, hematologista. A ex-ministra revelou ter câncer no sistema linfático em abril do ano passado. Fez tratamentos quimioterápico e radioterápico. No final de 2009, seus médicos anunciaram que estava "livre de qualquer evidência de linfoma". Ontem, durante debate promovido pela Folha e pelo UOL, foi questionada sobre o câncer. 

E de Mônica Bergamo, na coluna, sob o título "Bolso cheio":

Dilma, que declarou R$ 11,6 milhões há duas semanas, conseguiu dobrar os recursos nos últimos dias. A informação é de José de Filippi, tesoureiro. "Já estamos em cerca de R$ 20 milhões."

Escrito por Nelson de Sá às 11h40

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sentenças de jornal, TV e rádio

De Janio de Freitas, sobre a propaganda:

Os programas iniciais são insuficientes para uma visão conclusiva. Podem valer como sugestão do que deve ser esperado. Não foi, porém, o que ocorreu em relação a Serra. Os comentaristas de jornal, TV e rádio emitiram verdadeiras sentenças contra o futuro da candidatura, tão mais fortes quanto menos disfarçáveis ou disfarçadas estiveram as simpatias por ela. E, entre políticos aliados de Serra, à parte o grau de empenho e sinceridade da aliança, a repercussão foi ainda mais terminante. Só não se sabe se as lideranças do DEM mandaram ao comitê de Serra uma coroa.

As pesquisas dão sinais de transferência de Serra para Dilma. A quantidade de indecisos e dos que chegam a nem saber quem Lula apoia é, ainda, expressiva. Nisso está o problema novo de Serra. Se a disputa estivesse acirrada, aquele contingente seria uma esperança. Mas, uma vez formado, o consenso dos dotados de alguma informação propaga-se como incentivo aos indefinidos para aderir à impressão dominante. Neutralizar essa tendência é difícil. Para Serra e sua equipe, ainda mais. A inépcia que têm demonstrado para lidar com política e com opinião já desce até o cômico.

Escrito por Nelson de Sá às 10h20

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

"Rifado" nos Estados, tucano aciona "insultos"

Para as edições, FSP (índice), VE (índice), ESP e BE. Para sites, FSP, VE, ESP e BE.

Escrito por Nelson de Sá às 10h00

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Brasileiros vendem 56 empresas no trimestre

 

Para as edições, OG e OD. Para os sites, OG e OD.

Escrito por Nelson de Sá às 09h54

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

China na América Latina "não é ameaça" para EUA

Para as edições, NYT, WSJ, CD e FT. Para os sites, NYT, WSJ, CD e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 09h48

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ao ataque

Leia a coluna "Toda Mídia" de hoje com links. Na Folha digital, à pág. A12.

Escrito por Nelson de Sá às 09h40

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Atentado. Mas pode não ter ligação com eleições

Escalada do "Jornal Nacional":

Atentado em Aracaju. O carro do presidente do Tribunal Regional Eleitoral é alvo de cerco. O desembargador escapa, mas o motorista dele está em coma. Presidente do Supremo pede proteção federal para juízes eleitorais, mas não há confirmação de que o crime esteja ligado às eleições.
Presa em Brasília uma filha do ex-ministro do TSE assassinado no ano passado.
A agência de aviação civil fecha postos de atendimentos em aeroportos para passageiros com problemas.
A torcida do Internacional prepara festa para ser tri da Libertadores esta noite.
No Mundial da Holanda, os paraatletas da nossa natação colecionam medalhas.  

Do "Jornal da Record":

Fogo inimigo. Presidente do TRE de Sergipe sobrevive a atentado. Foram 30 tiros no meio da rua. Justiça quer reforçar a segurança durante a eleição.
Fogo amigo. Marido encomenda o assalto da própria mulher.
Flagrantes desta quarta-feira. Na China, repórter é arrastada pela correnteza. Nos Estados Unidos, policial fica preso em carro coberto por abelhas.
Jogos Olímpicos da Juventude. Caio César é nossa esperança de medalha no salto a distância.
Quem eram os amigos do empresário que colaborava com o regime militar.
Você vai conhecer Cascalho Rico, cidade sem crime onde ninguém tem medo da violência. 

E do "SBT Brasil":

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe sobrevive a um atentado. Mais de 30 tiros foram disparados no carro do desembargador.
Uma conversa pela internet leva polícia a prender suspeitos pela morte de uma adolescente.
A filha de um ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral é presa acusada de atrapalhar a investigação da morte do pai.
Nem a primeira bandeira do Brasil escapou dos ladrões.
O piloto que escapou com vida do avião que perdeu a asa.
Depois de ser invadida por manifestantes, Câmara dos Deputados cancela votações até as eleições.
Candidatos à Presidência partem para o ataque em debate na internet.
Um golpe que leva os trabalhadores a receber menos na hora da demissão.
O novo relógio que determina a hora certa no Brasil atrasa um segundo em dez milhões de anos.

Escrito por Nelson de Sá às 22h01

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A troca

Segundo o Painel de Renata Lo Prete, "a campanha de José Serra planejara exibir o mesmo programa na hora do almoço e à noite", mas, "depois da estreia, optou por mudar o programa noturno".

E a propaganda tucana já rendeu um viral, postado por Márcio Carlomagno, que chegou ao topo dos "trending topics" na madrugada. E levou Marcelo Tas a twitar que "marqueteiros ganham fortunas e não são capazes de reconhecer um cacófato". Daí o "resultado: Serra comedor!".

Escrito por Nelson de Sá às 10h27

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

"Vou ligar para a minha presidenta"

Para as edições, FSP (índice), VE (índice), ESP e BE. Para sites, FSP, VE, ESP e BE.

Escrito por Nelson de Sá às 09h47

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Até o PSDB recorre a Lula

 

Para as edições, OG e OD. Para os sites, OG e OD.

Escrito por Nelson de Sá às 09h40

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Mortes crescem, e México revê guerra às drogas

Para as edições, NYT, WSJ, CD e FT. Para os sites, NYT, WSJ, CD e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 09h30

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

"Coisa de baiano"

Leia a coluna "Toda Mídia" de hoje com links. Na Folha digital, à pág. A19.

E também uma análise do horário eleitoral, "PT busca a fusão de Dilma com Lula, PSDB derrapa".

Escrito por Nelson de Sá às 09h15

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

"A saúde é a maior de todas as preocupações"

Escalada do "Jornal Nacional":

Impostos demais, serviços de menos. Um estudo mostra o que os brasileiros pensam dos mais de 70 tributos que pagam aos governos.
Na série sobre as preocupações dos cidadãos: Por que a saúde é a maior de todas?
Um atentado mata 60 pessoas no Iraque a duas semanas da retirada americana.
Chuva em Salvador, e o desabamento de mais um casarão histórico provoca mortes.
PMs que liberaram o atropelador de Rafael Mascarenhas são indiciados.
Especialistas e governo divergem sobre suposta falta de fiscalização na temporada de incêncios.
Na terça-feira dos paraatletas da natação, um dia de medalhas e recorde mundial para o Brasil. 

Do "Jornal da Record":

Quarenta minutos de terror. Ladrões roubam carro, levam menino de dois anos e depois abandonam a criança.
Guerra nas ruas e nas estradas. Carro derruba poste e três jovens morrem na hora.
Veículos param por causa de um acidente e são atingidos por uma carreta. Pelo menos seis pessoas morreram.
Filha de ex-ministro é presa em Brasília. Ela é acusada de atrapalhar a investigação da morte do próprio pai.
Jogos de Cingapura. Tenista brasileiro Tiago Fernandes já está nas quartas-de-final.
Na reportagem especial, o falso coronel que virou comendador. A história do empresário que se aliou aos militares para prender e torturar os adversários da ditadura.
As flores do inverno. As paisagens que mudam de cor em várias cidades brasileiras. 

E do "SBT Brasil":

Bandidos roubam carro e impedem a tia de tirar uma criança de dois anos.
Quadrilha pode ter clonado o carro de um morador para fazer arrastão em um prédio.
A caça ao petróleo agita uma cidade do Paraná.
As imagens de um combate do exército colombiano com guerrilheiros das Farc.
Palestinos invadem embaixada da Turquia em Israel e fazem reféns.
A migração diminui, mas o Sudeste ainda é o destino preferido dos nordestinos.
Mais de 20 toneladas de lixo da Alemanha vieram parar no Rio Grande do Sul.
No primeiro dia de propaganda eleitoral na TV e no rádio, candidatos evitam ataques pessoais.
Ah, se a moda pega. Federação francesa conclui que seleção fez corpo mole na Copa e pune quatro jogadores.

Escrito por Nelson de Sá às 23h06

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

No mercado

No "Valor" de papel e on-line:

O Vox Populi permanece impedido de divulgar sua mais recente pesquisa. De acordo com o TSE, o julgamento relativo à suspensão não tem data marcada. No mercado financeiro, falava-se ontem que resultados apontavam que a diferença entre Dilma e Serra já chegava a 16 pontos: 46% para a petista contra 30% do tucano. A decisão de impedir a divulgação foi tomada na quinta depois de pedido do PSOL. Na representação, os advogados afirmaram que o nome de Plínio de Arruda Sampaio não figurava em duas questões relativas ao desempenho no debate da Bandeirantes.

Escrito por Nelson de Sá às 10h46

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sem ter para onde correr

De Eliane Cantanhêde, sob o título "Reta final":

A esperança, inclusive a dos tucanos, é a última que morre. Mas Serra chega em franca desvantagem ao horário eleitoral. Teve boas oportunidades de consolidar suas vantagens comparativas na fase política (de construção de apoios e discurso), mas jogou pela janela, enquanto Dilma colou a imagem na de Lula, capitalizou o bom momento do país e foi transformando defeitos em qualidades. O resultado é que Serra entra na reta final sem ter para onde correr, e Dilma não apenas mantém a distância no Nordeste como está avançando nas capitais e em todos os redutos do adversário —até em São Paulo. Virou "onda". A esta altura, a oposição luta para garantir segundo turno. Se depender só dos programas, é improvável. Mas há outros fatores, e um deles, lembra Carlos Augusto Montenegro, do Ibope, é a exigência de dois documentos para votar —o título mais um outro com foto. Isso pode gerar quebra de voto no Nordeste e entre a população de baixa renda. 

E de Merval Pereira, sob o título "Zona de conforto":

Não era o cenário que o oposicionista imaginava, e a estratégia montada deve ter sido alterada na última hora. O problema é maior porque o tucano está perdendo força em Estados e regiões onde deveria ter seu melhor suporte: em São Paulo e no Sul. São Paulo, um Estado "tucano", terá que melhorar a performance a favor de Serra se o PSDB quiser segundo turno. Não há dúvida de que está mais fácil Dilma vencer no primeiro. Especialmente porque parece que ele vem perdendo votos diretamente para Dilma, o que faz com que não importe se Marina mantenha os 10%. Há, porém, questões que devem ser observadas diante da experiência que já temos em campanhas. Na eleição de 2006, Lula iniciou a campanha de rádio e TV com 55% de votos válidos —mais que os 51% que Dilma tem hoje— e acabou com 48,61%. É bem verdade que, para impedir que ganhasse no primeiro turno, houve o episódio dos "aloprados" comprando com uma montanha de dinheiro vivo um dossiê.

Cátia Seabra informa que "Serra tem prontos comerciais em que ataca petista" com "artilharia pesada". Jingle de rádio e inserção de TV "podem ir ao ar nos próximos dias", apontando a volta dos "radicais" e questionando o que ela já fez de benéfico, com "o rosto de Dilma".

Ontem, "líderes insistiam para que Serra fosse, desde já, mais agressivo".

Escrito por Nelson de Sá às 10h22

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Aumenta chance de Dilma no primeiro turno

Para as edições, FSP (índice), VE (índice), ESP e BE. Para sites, FSP, VE, ESP e BE.

Escrito por Nelson de Sá às 09h28

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

No Ibope, Dilma já vence no primeiro turno

 

Para as edições, OG e OD. Para os sites, OG e OD.

Escrito por Nelson de Sá às 09h20

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

China passa Japão, "mas PIB per capita é fraco"

Para as edições, NYT, WSJ, CD e FT. Para os sites, NYT, WSJ, CD e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 09h08

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Mercado & Dilma

Leia a coluna "Toda Mídia" de hoje com links. Na Folha digital, à pág. A12.

Escrito por Nelson de Sá às 08h42

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Raio atinge avião, que se parte em três

Escalada do "Jornal Nacional":

Um raio atinge um Boeing no Caribe e quatro brasileiros sobrevivem ao acidente que despedaçou o avião. Uma pessoa morreu.
Bandidos livres diante da câmera no Rio. Nossos repórteres revelam onde estão criminosos foragidos.
Golpistas inauguram mais uma forma de fazer vítimas em caixas automáticos de bancos.
O IBGE apresenta os primeiros dados colhidos no Censo 2010.
O Irã anuncia a construção de mais dez usinas de enriquecimento de urânio.
A Comissão de Valores Mobiliários anuncia investigação do acordo entre as empresas aéreas TAM e Lan Chile.
Brasileiros colhem sete medalhas no mundial de paratletas de natação.
Ibope divulga nova pesquisa de intenção de voto dos eleitores na disputa da Presidência da República.
Cidadãos respondem a uma pergunta: quais são suas maiores preocupações e da sua família. 

Do "Jornal da Record":

Sete mulheres viciadas em crack ficam grávidas e oferecem os bebês por mil reais. Plano é descoberto e as crianças, levadas para um abrigo.
Longe do pai. O desespero do homem que procura o filho que foi levado pela mãe.
Avião cai e se parte em três na Colômbia. Uma pessoa morre e mais de cem ficam feridas. Brasileiros que estavam no voo passam bem.
Câmera grava roubo de carro e polícia prende os bandidos.
São Paulo registra a temperatura mais baixa do ano.
Duelo dos gigantes asiáticos. Economia da China passa a do Japão.
Porões da repressão. Nossos repórteres entram no sítio onde funcionava centro clandestino de tortura.
Você vai conhecer a cidade sem celular. Moradores chegam a subir em árvores para conseguir o sinal. 

E do "SBT Brasil":

Um avião com 127 pessoas é atingido por um raio na Colômbia. Apenas um passageiro morreu. Quatro brasileiros estavam a bordo.
No Amazonas, um avião que levava um candidato ao governo teve que desviar de outro.
Um DJ acusado de tráfico de drogas foi preso no meio da balada.
A polícia procura motoqueiros que fazem racha a mais de 200 por hora em Santa Catarina.
Meio milhão de reais de indenização para empregada doméstica espancada em ponto de ônibus.
Pedreiro, encanador e eletricista vão receber diploma do Ministério da Educação.
Rio e São Paulo tiveram a madrugada mais fria do ano.
O presidente do Irã confirma que a mulher condenada não poderá receber asilo do Brasil.
A China ultrapassa o Japão e se torna a segunda maior economia do mundo.

Escrito por Nelson de Sá às 22h00

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Galvão, Lula e a mídia

O locutor Galvão Bueno, "em SP para lançar um vinho e um espumante que levam seu nome, Bueno Paralelo 31 e Bueno Cuvée Prestige", falou à "Veja", ao G1 e à coluna Mônica Bergamo. Sobre Lula:

Já viu alguém dizer não para entrevistar o Lula? Eu disse. A assessoria dele me procurou. Quando eu vi, ele ia dar entrevista para todas as televisões. Eu falei: "Obrigado, não quero".

O Brasil melhorou?

Sem dúvida. Nos últimos 16 anos, melhorou. Entendeu os 16 anos? 

Sobre Dunga:

O que falaram, que a Fátima Bernardes pediu uma entrevista e ele não deu, que ele pediu cabeça de gente... conversa fiada. Quem é ele para pedir cabeça de alguém na TV Globo?...  O Dunga tinha traumas antigos que foram alimentados por assessores. O problema não era a TV Globo. É que é legal eleger a Globo. É legal eleger a Folha. É legal eleger a revista "Veja" [como alvo].

E sobre a Globo mandar no futebol:

Eu acho até que devia mandar mais. Porque ela paga as contas. 

A coluna Outro Canal informa que "o PFC, pay-per-view da Globosat, terá programa só para dirigentes" tratarem dos "projetos dos clubes".

E o M&M informa que a Geo, empresa de eventos criada pelos grupos RBS e Globo para atuar nas áreas de esporte, educação e entretenimento, "acaba de fazer sua primeira aquisição", da subsidiária brasileira da HSM.

Escrito por Nelson de Sá às 11h40

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Globo vs. Record, no fim de semana

O Radar informa que o "Fantástico" registrou ontem 19 pontos na Grande SP, "abaixo de 20 pela primeira vez em meses". O "Domingo Espetacular" marcou 14. SBT e RedeTV!, 12 e 9.

"Neste novo horário, voltamos à nossa vocação: bater o 'Fantástico'.  Falta pouco", declarou o apresentador do programa da Record, Paulo Henrique Amorim, semanas atrás ao Zapping, do "Agora".

No Rio, no sábado da semana anterior, o programa apresentado por Rodrigo Faro na Record, "O Melhor do Brasil", marcou 20 pontos, "concorrendo com o 'Jornal Nacional' inteiro", que marcou 26, e até com a primeira meia hora da novela "Passione", que marcou 25.

"Nunca pensei que fosse ter ibope ou fazer sucesso como comunicador", declarou Faro, em entrevista a Ricardo Feltrin no UOL.

Escrito por Nelson de Sá às 11h08

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Em ano eleitoral, rádios para políticos e pastores

 

 

Para as edições, FSP (índice), VE (índice), ESP e BE. Para sites, FSP, VE, ESP e BE.

Escrito por Nelson de Sá às 10h54

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Superfraude na Justiça do Rio

  

Para as edições, OG e OD. Para os sites, OG e OD.

Escrito por Nelson de Sá às 10h43

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

China ultrapassa o Japão

 

Para as edições, NYT, WSJ, CD e FT. Para os sites, NYT, WSJ, CD e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 10h33

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A pesca nas revistas

 

 

Para as edições, Carta, Época e IstoÉ. Para os sites, Veja, Carta, Época e IstoÉ.

Escrito por Nelson de Sá às 10h18

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Escolhida

Leia a coluna "Toda Mídia" de hoje com links. Na Folha digital, à pág. A12.

Escrito por Nelson de Sá às 10h09

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Nelson de Sá Nelson de Sá é articulista da Folha de S.Paulo.
RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.