Nelson de Sá

Toda Mídia

 

Preso no Rio um dos maiores traficantes da Colômbia

Escalada do "Jornal Nacional":

Caos aéreo na Europa. Aeroportos fechados pelo segundo dia seguido. É o temor de acidentes por causa das cinzas de vulcão.
Surpresa em Copacabana. A prisão de um dos maiores traficantes de drogas da Colômbia.
O juiz que autorizou a libertação do assassino de Luziânia diz que não mudaria a decisão.
Suspeitas de fraude em um banco de investimentos derrubam as bolsas de valores.
Na série especial sobre a Amazônia, como produzir mais e proteger o meio ambiente.
Futebol. Uma discussão de jogadores acaba na delegacia com a acusação de injúria racial.
Na Fórmula 1, um acidente estranho provoca susto nos treinos em Xangai.
Em uma cerimônia nos Estados Unidos, Roberto Carlos é premiado pelos 100 milhões de discos vendidos.

Do "Jornal da Record":

Caos no céu da Europa. Fumaça de vulcão cancela 17 mil voos.
Caos no asfalto do Brasil. O trânsito cada vez mais lento e violento.
Caos na Comunidade do Alemão. Tiroteio mata policial e moradora.
O fim da caçada. Maior traficante colombiano é preso no Rio.
O começo da fuga. Líder da oposição da Tailândia escapa pela janela do hotel.
Racismo e preconceito. Jogador de futebol é indiciado por chamar adversário de macaco.
A polêmica sobre a contratação de uma ex-stripper pelo governo do Pará.
Na série especial, como quebrar o ciclo da violência doméstica.
No interior da Bahia, uma solução para a evasão escolar. 

E do "SBT Brasil":

Um acidente com trem lotado deixa 58 feridos e revolta os passageiros.
Agentes penitenciários dão socos e pontapés em um preso no Rio Grande do Sul.
Feridos da polícia de São de Paulo sob suspeitas de amenizar laudos de acidentes graves.
Quase 20 mil voos cancelados no segundo dia de caos na Europa por causa de um vulcão.
Nosso repórter chegou ao topo do Cristo Redentor fechado por consequência da chuva.
O piloto que passou o maior sufoco no treino para o Grande Prêmio da China de Fórmula 1.
A briga de jogadores que terminou em cusparada e xingamento racista.
Chega de mão na roda, vem aí o pneu que não fura.
Cientistas americanos comprovam que o ciúme... cega as mulheres.

Escrito por Nelson de Sá às 21h54

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Google, Microsoft e a esperança americana

Na manchete de papel do "Wall Street Journal", "Setor de tecnologia em impulso de contratação", destacando o salto nos lucros dos gigantes Google e Intel no primeiro trimestre _e a expectativa de que os dados de Apple, Amazon e Microsoft, semana que vem, serão semelhantes:

Motor da inovação e da prosperidade dos EUA por mais de meio século, a indústria de tecnologia está acelerando sua recuperação da recessão com faturamento em alta, o que incentiva as empresas a elevar fortemente a contratação.

Escrito por Nelson de Sá às 11h32

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

De Obama para Dilma

De Fernando Rodrigues, na Folha:

A operação do PT na internet começou nesta semana com o recadastramento de milhares de filiados. Quando o banco de dados estiver pronto, a expectativa é contar com até 200 mil ativistas trabalhando no dia a dia da campanha, segundo Marcelo Branco, um dos coordenadores. Mas o principal será a tecnologia usada no manejo da militância virtual. Além de identificar cada um segundo parâmetros socioeconômicos, um programa da americana Blue State Digital permitirá qualificar os simpatizantes. "Quando um militante nos autorizar a enviar e-mails, será possível saber o grau de engajamento. Primeiro, se abriu o e-mail e se clicou no endereço. Em seguida, se encaminhou a mensagem para amigos. E se essas pessoas clicaram no link", explica Danielle Fonteles, da Pepper Interativa, contratada para a campanha de Dilma. O programa foi usado na campanha de Obama. Todas as vezes em que um militante registrado protagoniza alguma ação, ganha pontos. "É como um sistema de fidelização." Os mais ativos terão tratamento "vip", receberão mensagens diferenciadas, serão convidados a reuniões com as equipes locais pró-Dilma. Foi a estratégia de Obama.

Escrito por Nelson de Sá às 10h58

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Brasil e China assinam "PAC chinês"

 

Para as edições, FSP (índice), VE (índice), OG e ESP. Para sites, FSP, VE, OG e ESP.

Escrito por Nelson de Sá às 09h34

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

China cresce 11,9% e teme superaquecimento

 

Para as edições, NYT, WSJ, CD e FT. Para sites, NYT, WSJ, CD e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 09h24

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Inovação empresarial nos emergentes

Para as edições, Time e Economist. Para sites, Time e Economist.

Escrito por Nelson de Sá às 09h14

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Mais de 7%

Leia a coluna "Toda Mídia" de hoje com links. Na Folha digital, à pág. A8.

Escrito por Nelson de Sá às 09h04

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Salvador e cidades do Recôncavo enfrentam a chuva

Escalada do "Jornal Nacional":

Líderes de países emergentes em Brasília. E o Brasil tenta convencer a China a não aprovar sanções contra o Irã.
Salvador e cidades do Recôncavo enfrentam as consequências de uma semana inteira de chuva.
As nuvens de cinzas provocam fechamento de aeroportos e cancelamento de voos na Europa.
O papa diz que, diante dos ataques, os cristãos precisam reconhecer sua culpa. E condena a fusão de mitos religiosos de outras crenças nas igrejas católicas do Brasil.
Uma experiência científica evita transmissão de certas doenças hereditárias.
Um piloto brasileiro de corrida aérea se acidenta na Austrália.
Flamengo reage à decisão da CBF sobre o campeão brasileiro de 87.
Começa na África do Sul a venda de ingressos para a Copa do Mundo. 

Do "Jornal da Record":

Águas de abril. Vinte cidades baianas em estado de emergência. Prejuízo com temporal no Rio pode passar de R$ 1,5 bilhão.
Processos de abril. MST ocupa fazendas em cinco Estados.
Comerciantes e médicos se tornam parceiros em quadrilha no Rio e em São Paulo. Eles fraudavam empresas de cartões de crédito e hospitais.
Vulcão fecha espaço aéreo na Europa. "Além de prejudicar a visibilidade, as cinzas do vulcão também podem provocar pane nas turbinas dos aviões."
China ainda tenta resgatar mais de 300 soterrados.
Reportagens especiais do "Jornal da Record". Por que tantas tentativas e nenhum resultado em ocupar os prédios vazios do centro da nossa maior cidade? "Vejam que situação triste: um prédio completamente abandonado foi até lacrado pelos donos."
Quando as brigas domésticas viram caso de polícia.
No time do rei, ele é o príncipe. Neymar faz cinco gols e está na mira do Real Madrid. 

E do "SBT Brasil":

Um médico do Rio de Janeiro é apontado como líder de uma fraude milionária em hospital público.
Um jogador de futebol é preso por assalto e por ameaçar cortar os dedos de um menino.
O governo prorroga a isenção do IPI em materiais de construção.
O papa critica a influência de outras religiões em missas realizadas no Brasil.
Depois da enchente, moradores do Estado do Rio agora usam máscaras para se proteger do lixo.
O acidente do piloto brasileiro na Fórmula 1 do ar.
A bola de fogo que iluminou a noite dos Estados Unidos.
O presidente Obama diz que os americanos devem ser os primeiros a pôr o pé em Marte.
O programa nuclear do Irã domina o encontro dos países emergentes em Brasília.
O que há por trás da dificuldade do Morumbi em sediar os jogos da Copa de 2014.
Dunga dá a entender que não vai chamar Neymar para a Copa da África do Sul.

Escrito por Nelson de Sá às 22h14

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ser ou não ser

Sob o título acima, a coluna Mônica Bergamo informa que "Ciro Gomes não enviou representante à reunião da TV Bandeirantes que acertou a realização do primeiro debate no dia 5 de agosto", ao contrário de Dilma Rousseff, Marina Silva e José Serra.

O "Valor" publica que PSB tende a fechar aliança com Dilma, na próxima semana". E relata que "Ciro não tem ido a Brasília nem tem mantido contato com a direção" de seu partido. "Tem ficado principalmente em Fortaleza, São Paulo ou no Rio, sem agenda política" e "sua maior preocupação é com a candidatura do irmão, governador Cid Gomes".

O debate na Band, como nas demais redes, será aberto a todos os candidatos, por lei. Já "a internet é um território virtual livre para debates", reafirmou o presidente do Tribunal Superior Eleitoral a Fernando Rodrigues, no UOL.

Escrito por Nelson de Sá às 11h36

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

No Brasil, projeção de crescimento já passa de 7%

 

 

Para as edições, FSP (índice), VE (índice), ESP e OG. Para sites, FSP, VE, ESP e OG.

Escrito por Nelson de Sá às 11h00

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sinais de forte recuperação, dos EUA a Cingapura

 

Para as edições, NYT, WSJ, CD e FT. Para sites, NYT, WSJ, CD e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 10h12

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Brasil e o yuan

Leia a coluna "Toda Mídia" de hoje com links. Na Folha digital, à pág. A10.

Escrito por Nelson de Sá às 09h58

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Pedofilia, infanticídio, violência doméstica etc.

Escalada do "Jornal Nacional":

Tremores de terra na China e temores no mundo todo. A contagem de mortos no país chega a quase 600.
Luziânia, Goiás. Documentos mostram que o assassino de seis rapazes não poderia ter saído da cadeia.
Cientistas anunciam a criação do pâncreas artificial, uma novidade que poderá beneficiar milhões de diabéticos.
Na série especial de reportagens sobre a exploração econômica da Amazônia, por que pecuaristas desmatadores estão mudando de comportamento?
Depois de mais de 20 anos de polêmica, a CBF anuncia a decisão final. O Sport foi o campeão de 87, e o São Paulo vai ficar com a "taça das bolinhas". 

Do "Jornal da Record":

Quando o herói vira vilão. Pai joga as duas filhas do alto de uma ponte. Motivo de tanta crueldade: ele queria se vingar da mãe das meninas.
Na série especial, o trauma dos filhos com a violência doméstica. "Quero ter um família que goste de mim, quero ser feliz."
Perigo na esquina. Motoristas são mortos durante assalto. Passageiro de ônibus vira refém. O que fazer nessa hora? O "Jornal da Record" buscou a resposta. "Subestimar o bandido nesse momento seria a pior atitude que uma pessoa poderia fazer."
Natureza em fúria. Ciclone na Índia, terremoto na China. Dezenas de mortos e milhares de feridos.
Casal se separa por suspeita de infidelidade e depois descobre que filho foi trocado no hospital.
Ritmo acelerado. Comércio não deixou de crescer nem no mês do Carnaval. 

E do "SBT Brasil":

Um padre é acusado de abusar de sete meninos em cidade do interior paulista.
O pai joga duas filhas pequenas de uma ponte para se vingar da mulher.
As imagens que podem esclarecer o assassinato do dono de uma das maiores fábricas de andaimes do país.
Um estudante morre eletrocutado ao encostar na grade do ponto de um ônibus.
O marido abandona a mulher por traição. Ela descobre que o filho foi trocado na maternidade.
O ano dos terremotos. Na China, um tremor matou 600 pessoas e deixou milhares de feridos.
Quase 30 mil vagas para trabalho temporário no Dia das Mães.
O presidente Lula volta a falar no ponto G, agora em discurso para empresários. "Esse ponto G da criatividade do ser humano, sabe, nos negócios."
A CBF confirma. O São Paulo Futebol Clube é o único hexacampeão brasileiro.
Assustados com os crimes, adolescentes deixam de usar as pulseiras do sexo.

Escrito por Nelson de Sá às 21h04

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Record vs. Globo

Do blog Radar:

A Record decidiu entrar com todas as suas armas na guerra para tomar da Globo a exclusividade das transmissões do Brasileirão. Está preparando uma proposta para apresentar até o final do mês. A eleição do Clube dos Treze é o mote para entrar na disputa. A emissora quer aproveitar o desgaste que a Globo sofreu ao apoiar Kleber Leite, derrotado pelo reeleito Fábio Koff. 

E a Globo está "de cabelo em pé: a campanha pelo futebol mais cedo", comandada pela rádio Jovem Pan, "não parou" e a Câmara Municipal "deve derrubar o veto de Gilberto Kassab ao projeto". No Rio, "puxada pelo PC do B, já existe coleta de assinaturas na Assembleia para um projeto de igual teor no Estado".

Por outro lado, publicou o Painel há duas semanas, "a Rede Globo pode dormir tranquila. Não há chance de sair do limbo, na Assembleia paulista, o projeto que proíbe o término dos jogos de futebol depois das 23h".

Escrito por Nelson de Sá às 11h39

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Não sabe fazer outro?

Da coluna Mônica Bergamo, sob o título "O Criativo":

O slogan "o Brasil pode mais", repetido por José Serra em suas últimas aparições, foi usado por Geraldo Alckmin em 2006, quando perdeu para Lula. O marqueteiro dos dois é Luiz Gonzalez. A incrível coincidência já tinha sido identificada na eleição do Santos no ano passado. "O Santos pode mais" era o slogan da chapa vencedora -da qual fazia parte Fábio Gonzalez, irmão do marqueteiro. 

No comentário do Blue Bus, o "marqueteiro repete sempre o mesmo slogan. Não sabe fazer outro?".

No iG, Nara Alves seguiu a "caravana de treinamento da militância tucana, estratégia adotada pelo PSDB" no Estado de São Paulo:

Na plateia de São Miguel Paulista, líderes comunitários, religiosos e alguns moradores das favelas assistiram a uma aula de história tucana. Desde o significado da sigla (Partido da Social Democracia Brasileira) até dicas de como rebater críticas sobre privatizações do governo FHC, passando por ataques ao suposto despreparo de Dilma Rousseff. A cartilha ensina que a privatização da Vale gerou empregos e aumentou a arrecadação. Compara a telefonia antes e depois, com imagens de fichas utilizadas em telefones públicos e de um iPhone. A apresentação prega aos militantes que as prioridades são: ensino técnico, abertura de mercados, geração de empregos verdes, defesa da democracia. Faz, ainda, comparações entre as biografias de Serra e Dilma e aponta o envolvimento da petista no movimento armado durante o regime militar.

Escrito por Nelson de Sá às 10h38

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ahvaitarde!

A página Folha Corrida destacou três textos sobre a campanha do cineasta James Cameron contra a usina de Belo Monte. De Marcelo Leite:

Cameron é um avatar cianótico de Sting, que nos anos 80 se aliou ao caiapó Raoni na defesa do Xingu. A pior coisa que poderia acontecer com o movimento socioambientalista contra a hidrelétrica de Belo Monte era a adesão dele à causa. 

De Helio de La Peña:

Cameron caiu de paraquedas na floresta amazônica. Pintou-se de urucum, abraçou indígenas e manifestou sua oposição à hidrelétrica de Belo Monte, que, não fosse o Google Maps, não teria a menor ideia de que fica no Pará.

E de José Simão:

Sabe o que os índios falaram pro diretor do "Avatar"? AHVAITARDE!

Escrito por Nelson de Sá às 10h14

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Obama recebe Lula, mas ignora

 

 

Para as edições, FSP (índice), VE (índice), ESP e OG. Para sites, FSP, VE, ESP e OG.

Escrito por Nelson de Sá às 09h30

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Cúpula nuclear termina em divisão e adiamento

 

Para as edições, NYT, WSJ, CD e FT. Para sites, NYT, WSJ, CD e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 09h08

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

China & Brasil

Leia a coluna "Toda Mídia" de hoje com links. Na Folha digital, à pág. A12.

Escrito por Nelson de Sá às 09h00

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sem acordo sobre Irã, nos Estados Unidos

Escalada do "Jornal Nacional":

Acordo nos Estados Unidos. Líderes de 47 países se comprometem a aumentar a segurança da matéria-prima de armas nucleares.
Um presente do Brasil para o iraniano Ahmadinejad. A camisa da seleção para o homem que nega o Holocausto patrocinado pelos nazistas.
O assassino de seis rapazes em Luziânia foi libertado mesmo depois do relatório de três psicólogos. Eles diagnosticaram sinais de transtornos psicopatológicos e de sadismo.
O fazendeiro acusado de encomendar a morte da missionária Dorothy Stang é condenado a 30 anos de prisão num terceiro julgamento.
Equipes de busca encontram mais sete corpos no morro do Bumba em Niterói.
Calor e chuva acima do normal alimentam a explosão de casos de dengue em 2010.
O avião que partiu em dois durante voo na Indonésia.
Na série especial de reportagens sobre a Amazônia, as vantagens econômicas de preservar a floresta a longo prazo. 

Do "Jornal da Record":

A máfia do jogo em guerra. Presidente de escola de samba e policiais do Rio são presos por explorar caça-níqueis. Comerciante executado no interior paulista também pode estar ligado à jogatina.
Brasil violento. Em duas cidades, professor e aluno são mortos porque não entregaram os carros. Briga de vizinhos termina com tiro, bomba e morte.
Brasil cidadão. Milhares de consumidores são indenizados por apagão.
Novo código quer melhorar atendimento médico.
Dia de protestos contra a declaração do Vaticano que liga pedofilia a homossexualismo.
Pesquisa eleitoral. Instituto mostra Serra e Dilma empatados.
As manchetes de nossos correspondentes internacionais. "Lula propõe a Obama saída para o impasse nuclear." Na Polônia, uma semana de despedidas. "O enterro do presidente polonês e da primeira-dama está marcado para domingo.".
Você já ouviu falar em congestionamento em Aracaju. 

E do "SBT Brasil":

O presidente da República confirma ao Supremo Tribunal Federal que foi avisado da existência do mensalão.
Uma professora de São Paulo e um estudante do Paraná foram mortos ao reagirem a assaltantes.
Um menino de dez anos foi detido pela polícia 20 vezes no Mato Grosso do Sul.
A dor dos parentes ao reconhecer corpos no morro do Bumba, em Niterói.
O avião com cem pessoas a bordo que rachou no meio da aterrissagem.
Sem acordo sobre o Irã, líderes de 47 países se comprometem a controlar armamentos nucleares.
A casa do papa foi pichada na Alemanha com mensagens sobre pedofilia na igreja.
Empregados terão recibos de entrada e saída com o novo relógio de ponto.
A Fifa nega que o estádio do Morumbi esteja fora da Copa do Mundo. Uma reportagem especial na Espanha com Luis Fabiano, que quer ser um dos melhores na África do Sul. "Robinho, Luis Fabiano, Kaká..."

Escrito por Nelson de Sá às 21h42

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Entre prata e ouro

Do ministro Fernando Gonçalves, responsável dois meses atrás pela prisão do ex-governador do Distrito Federal, que acaba de ser libertado pelo Superior Tribunal de Justiça, no Painel:

As palavras são de prata, e o silêncio é de ouro.

Escrito por Nelson de Sá às 12h00

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Nizan Guanaes & João Dória Jr.

Da coluna Mônica Bergamo, na Folha:

"Preciso ir ao banheiro." Depois de passar boa parte do dia dando entrevistas, James Cameron, de "Avatar", chega aflito à casa do publicitário Nizan Guanaes, onde foi homenageado com um jantar. Cameron foi abordado por praticamente todos os 150 convidados da festa, organizada por Nizan e João Doria Jr. O diretor não só está dando entrevistas contra a construção da usina de Belo Monte como enviou carta a Lula pedindo para ser recebido e elencando, segundo disse à coluna, "razões racionais e razões emocionais" para que o presidente "reconsidere a questão". 

Cameron e a atriz Sigourney Weaver estavam acompanhados de "assessora da Fox", a produtora do filme, da News Corp.

Escrito por Nelson de Sá às 11h44

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Em cima

Da coluna Ancelmo Góis, no "Globo":

Luiz Pezão foi ontem ao morro do Bumba, em Niterói. No meio do papo, um morador perguntou se ele era jornalista. Quando Pezão disse que era vice-governador, o homem ficou aliviado: "Não aguentamos mais tantos jornalistas em cima".

Escrito por Nelson de Sá às 11h20

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Da mídia para o Twitter para a mídia

Do Blue Bus, no post "Twitter já está valendo na campanha eleitoral. Dilma responde a críticas":

A pré-candidata respondeu via Twitter as críticas de que seu discurso no sábado teria sido um ataque a quem se exilou durante a ditadura. "De onde tiraram que fugir da luta é se exilar? O exílio significou a diferença entre a vida e a morte para os exilados brasileiros", escreveu. A fala tinha sido vista como crítica ao seu opositor, José Serra, que se exilou no Chile. Esse foco foi multiplicado pela mídia desde o fim de semana. A Folha de hoje reproduz o tweet.

Escrito por Nelson de Sá às 11h12

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

No "NYT", qualquer coisa que Obama quiser

Na manchete on-line do "New York Times", ontem, "EUA dizem que China vai defender sanções contra Irã". Segundo assessores citados pela reportagem, Washington espera "uma resolução em semanas" na ONU.

Já hoje, em chamada na capa de papel, o tom do "NYT" baixou para "China apoia conversas para punir Irã", o que Pequim havia anunciado dias atrás. O link anterior, com a defesa das sanções, foi suprimido.

Pelo contráfio, segundo chamada na capa de papel do "Wall Street Journal", "EUA forçam sanções, mas China impede" (holds back). "As duas nações ainda parecem divididas", abre a reportagem.

Dias atrás, o dono do "WSJ", Rupert Murdoch, declarou com ironia, em longa entrevista à TV pública americana:

O "Times" tem, muito claramente, uma agenda, e você pode ver isso no modo como eles escolhem suas histórias, o que eles põem na capa: é qualquer coisa que Obama quiser.

Escrito por Nelson de Sá às 10h28

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

São Paulo muda alunos de série no meio do ano

 

 

Para as edições, FSP (índice), VE (índice), ESP e OG. Para sites, FSP, VE, ESP e OG.

Escrito por Nelson de Sá às 09h46

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Obama força, mas Hu não apoia sanções, diz "WSJ"

Para as edições, NYT, WSJ, CD e FT. Para sites, NYT, WSJ, CD e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 09h40

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

China & EUA

Leia a coluna "Toda Mídia" de hoje com links. Na Folha digital, à pág. A10.

Escrito por Nelson de Sá às 09h08

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

José Roberto Arruda está em liberdade

Escalada do "Jornal Nacional":

Um criminoso deixa o país indignado. O assassino confesso de seis rapazes em Luziânia, Goiás. O monstro que foi libertado pela Justiça por bom comportamento na prisão.
Niterói. Trinta e seis corpos retirados do morro do Bumba, e 54 pessoas estão desaparecidas.
Rio de Janeiro. Começa a derrubada de quatro mil casas erguidas em áreas de risco.
Chefes de Estado de 47 países discutem formas de evitar que armas nucleares caiam nas mãos de terroristas.
O Vaticano afirma que abusos cometidos por sacerdotes devem ser denunciados.
A Federação Internacional de Automobilismo recua na punição ao dirigente italiano que pediu para Nelsinho Piquet forjar um acidente.
Brasília. O ex-governador Arruda deixa a cadeia depois de dois meses.
Em uma série especial de reportagens, a exploração econômica da Amazônia dentro e fora da lei.
Se você achava impossível a invenção de uma injeção que não dói... 

E do "Jornal da Record":

O que a chuva não levou as máquinas jogam no chão. Começam as demolições em áreas de risco no Rio de Janeiro.
Depois de dois meses de cadeia e da perda do mandato, ex-governador Arruda está em liberdade.
DNA vai identificar garotos assassinados em Luziânia. O "Jornal da Record" ouve a testemunha que ajudou a polícia e o pedreiro que confessou os crimes.
Bonita, perigosa e procurada. Mulher que invadia e roubava apartamentos é caçada pela polícia.
Na série especial, a covardia de maridos destrói famílias.
Acordo de poderosos. Obama quer a ajuda da China contra o programa nuclear do Irã.
Procura-se um milionário. Cidade com oito mil pessoas quer descobrir quem é o ganhador da Mega Sena. "Tem um suspeito, é muito amigo da gente aqui."

Escrito por Nelson de Sá às 21h26

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Arrasa-quarteirão

Do site Comunique-se:

Pela primeira vez, o grupo Disney adquiriu uma rádio brasileira, a Itapema FM São Paulo, 91,3 MHz. Na negociação, a empresa norte-americana fica com 29% e a brasileira Rádio Holding com 71%. De acordo com a legislação, as empresas de comunicação não podem ser integralmente adquiridas por companhias estrangeiras, com limite de participação de 30%. A Itapema pertencia ao grupo RBS. A Disney é dona da ESPN e, por esse motivo, há especulações de que a rádio poderá transmitir programação esportiva, mas ainda não há confirmação. A Walt Disney Company é o maior conglomerado de mídia e entretenimento do mundo, com empresas como a ABC. 

O "New York Times" publicou ontem um perfil de Robert Iger, presidente da Disney. Dez anos atrás, ele foi responsável pelo grupo "em vários países da América Latina", quando tornou o Brasil mais "autônomo" em marketing e programação. "O experimento foi um grande sucesso."

Presidente, Iger se mostrou "um dos mais agressivos negociadores da mídia", adquirindo a Pixar e depois a Marvel. Em suma, "blockbuster CEO".

Do fundador e publisher do jornal "Lance", Walter de Mattos Jr., em entrevista ao "Meio & Mensagem", seis meses atrás:

A mídia brasileira precisa de uma transformação, nosso arcabouço regulatório está completamente defasado. Estamos produzindo 20 horas de conteúdo de TV por dia e não há uma política para abrir esses conteúdos, seja rádio, TV por assinatura ou aberta. Nós, como autoridade em jornalismo esportivo que emprega 270 profissionais, temos dificuldades de distribuição. Enquanto isso, grupos que vêm do exterior e que estão fora do espírito da lei dos 30% produzem e distribuem seu conteúdo na TV por assinatura. É preciso regular também a produção de conteúdo na internet. Precisa ser repensado como ficam Terra, esses grupos estrangeiros que são muito mais relevantes em audiência que o "Jornal de Piracicaba", restrito a 30%. A ESPN tem canal no Brasil e compete com a gente, como é que fica? Não sou contra abertura, mas então tem que abrir para todo mundo. No fim, quem mais sofre com a restrição é o empresário brasileiro.

Escrito por Nelson de Sá às 10h40

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

"Carreguei o piano por cinco anos", afirma Dilma

 

Para as edições, FSP (índice), VE (índice), ESP e OG. Para sites, FSP, VE, ESP e OG.

Escrito por Nelson de Sá às 09h56

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Cúpula deixa corrida indo-paquistanesa de fora

 

Para as edições, NYT, WSJ, CD e FT. Para sites, NYT, WSJ, CD e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 09h36

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Culpar as chuvas é demagogia, no Rio

 

 

Para as edições, Veja, Época e IstoÉ. Para sites, Veja, Carta, Época e IstoÉ.

Escrito por Nelson de Sá às 09h14

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Hu Jintao vem aí

Leia a coluna "Toda Mídia" de hoje com links. Na Folha digital, à pág. A10.

Escrito por Nelson de Sá às 08h58

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Nelson de Sá Nelson de Sá é articulista da Folha de S.Paulo.
RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.