Nelson de Sá

Toda Mídia

 

Policiais e professores se enfrentam perto do palácio

Escalada do "Jornal Nacional" de 26.3:

O julgamento do caso Isabella Nardoni chega à fase final. Acusação e defesa debatem diante dos jurados. A sentença deve ser anunciada de madrugada.
Uma família reencontra o filho que passou dois anos sequestrado.
Uma pesquisa comprova os perigos da nova gripe para grávidas.
Vândalos dos trens são procurados pela polícia no Rio.
Divulgadas imagens inéditas do terremoto devastador no Chile.
Inaugurado o principal estádio da Copa da África do Sul.
O treino da Fórmula 1 para o GP da Austrália.
O mundial de motonáutica agita as águas da Baía de Guanabara. 

Do "Jornal da Record":

A decisão final. Falta pouco para o Brasil saber se o casal Nardoni é culpado ou inocente. Lágrimas e ironia no último duelo entre defesa e acusação. Expectativa e angústia para a família dos envolvidos. Nossos repórteres encontram a avó de Isabella. "Eu quero saber se vocês estão otimistas com o resultado." "Nossa, muito."
Confronto em São Paulo. Policiais e professores se enfrentam na sede do governo.
Hora da covardia. Assaltante atira contra idoso rendido no chão.
Hora da revanche. Mãe agride estuprador do filho.
Hora extra. Ex-PM era informante da polícia e segurança de bandidos.
Jogos Sul-Americanos. Favoritismo até debaixo d'água. Brasil mergulha em busca de medalha no nado sincronizado. Favoritismo confirmado. Nosso futsal é ouro de novo. 

E do "SBT Brasil":

Deve sair nas próximas horas a sentença do casal Nardoni. O promotor apresentou provas de que o casal estava no apartamento no momento em que Isabella foi jogada do sexto andar. O advogado de defesa apela para a emoção e cita o médium Chico Xavier. A mãe da menina Isabella acompanha de longe o desfecho do julgamento.
Policiais encontram uma fábrica de cocaína na maior favela do Rio.
As imagens da covardia de um bandido contra um idoso no Ceará.
Os pais reencontram o filho sequestrado dois anos atrás e que era obrigado a pedir esmolas para o sequestrador.
Novas imagens do terremoto que sacudiu o Chile.
Professores em greve entram em confronto com a polícia perto do palácio do governo em São Paulo.

A coluna e o blog voltam na segunda-feira.

Escrito por Nelson de Sá às 00h30

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Obsessão

Do editorial "Uma obsessão de Lula", hoje em "O Estado de S. Paulo":

Lula não é o primeiro nem será o último chefe de governo, em qualquer instância, a se queixar da imprensa. O que se fala no Palácio dos Bandeirantes do governador José Serra, por exemplo, ocuparia páginas inteiras. Há, no entanto, uma diferença entre os protestos dos que se julgam injustiçados pelos meios de comunicação e os sistemáticos ataques de Lula. Governadores podem deplorar a suposta miopia do noticiário, mas reconhecem a carga inerente de tensão no seu relacionamento com o jornalismo que a eles não se subordina. Já o caso de Lula é obsessão.

Escrito por Nelson de Sá às 11h13

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Pendores autoritários

Da coluna de Fernando de Barros e Silva, "Horror à política":

A estigmatização da "greve política" parece constrangedora para quem ingressou na vida pública como presidente da UNE na época do golpe de 64. A categoria, de 230 mil professores, ganha pouco e não teve nos últimos anos nem direito à reposição da inflação. Existe, pois, uma demanda material, antes de ser "ideológica". A verdade é que José Serra dispensa aos grevistas exatamente o tratamento de que julga ser vítima. Demoniza, desqualifica, não reconhece os professores como interlocutores e parte de conflitos do jogo democrático. Recusa-se a conversar porque são petistas, porque estão a serviço da campanha adversária, porque são, enfim, uns "energúmenos" -como disse a um infeliz que protestava.

Se no país falta oposição a Lula, os tucanos de São Paulo, há 16 anos no poder, também ficaram muito mal acostumados. Deve ser fácil governar tendo a Assembleia a seus pés. Sempre que a política não se desenrola entre quatro paredes, com atores previsíveis, Serra se revela inábil. Sua intransigência, que pode sugerir virtude republicana, também é sinal de pendores autoritários. Em 2008, sua condução desastrosa da greve da Polícia Civil, recusando-se ao diálogo simplesmente porque acreditava ter razão, desembocou numa batalha campal com a PM a poucas quadras do Bandeirantes. Desde então, pode-se dizer que Serra não aprendeu nada.

Escrito por Nelson de Sá às 09h27

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Serra contra os grandes jornais

De José Serra, segundo "O Estado de S. Paulo", questionando "os serviços on-line dos grandes jornais" que noticiaram sua inauguração de um "centro de saúde inacabado", quando era um "centro de atenção integrado à saúde mental pronto para funcionar":

Leviandade. Nenhum grande jornal de São Paulo escapa disso.

Mais dele, em áudio da Jovem Pan, vídeo abaixo:

Só corrigiram muito mais tarde, depois de advertidos, de ficar em cima. Hoje o on-line acaba tendo um peso às vezes até maior do que os jornais, porque vai para todo canto de leitores. Não pode se basear em informação de sindicato, que é o que aconteceu. O sujeito deve ter falado com o sindicato e botou como se fosse verdade.

Escrito por Nelson de Sá às 09h03

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Venezuela prende e solta dono de TV

 

 

Para as edições, FSP (índice), VE (índice), ESP e OG. Para sites, FSP, VE, ESP e OG.

Escrito por Nelson de Sá às 08h51

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Déficit já afeta demanda por títulos do Tesouro

Para as edições, NYT, WSJ, CD e FT. Para sites, NYT, WSJ, CD e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 08h22

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A reforma que muda a presidência Obama

Para as edições, Time e Economist. Para sites, Time e Economist.

Escrito por Nelson de Sá às 08h05

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O papa e a pedofilia

Leia a coluna "Toda Mídia" de hoje com links. Na Folha digital, à pág. A12.

Escrito por Nelson de Sá às 07h46

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

No quarto dia, vídeo, lágrimas, contradição

Escalada do "Jornal Nacional":

Quarto dia de julgamento. Alexandre Nardoni assiste ao vídeo feito pela acusação e diz que é um filminho mentiroso. Anna Jatobá afirma que todas as acusações são falsas.
Passado de Bento 16 é alvo de mais uma acusação. Antes de se tornar papa, ele teria evitado a punição de um padre pedófilo americano.
Anunciado o processo da eleição indireta do novo governador do Distrito Federal.
Ciência para a saúde. Teste do gel que ajuda pessoas obesas a comer menos.
Atacantes na defesa. Adriano se explica à polícia do Rio de Janeiro. Ronaldo se desculpa com a torcida do Corinthians.
Você vai ver como está Cabañas, o jogador paraguaio que levou um tiro na cabeça.
Chega ao fim a angústia de uma família à procura do filho. 

Do "Jornal da Record":

Lágrimas no momento decisivo. Casal Nardoni é ouvido pela primeira vez no tribunal. Os dois choram. Os dois negam ter matado Isabella. Veja como funciona o júri, e o que vai acontecer com os réus depois da sentença. No julgamento que paralisa o país, pressa faz camburão com Nardoni sair com a porta aberta.
Grosseria americana. Ex-presidente Bush cumprimenta haitiano e logo depois comete gafe histórica.
Nos Jogos Sul-Americanos de Medellín, o Brasil aos pés de dois craques. "No futsal, Falcão se prepara para conquistar o ouro. E, para Diego Hypólito, aquele merecido descanso."
Flagrantes do Brasil. O drama de um assalto com refém. O fogo em um trem no subúrbio. O nado sincronizado no mar do Rio de Janeiro. 

E do "SBT Brasil":

Alexandre Nardoni depôs durante cinco horas e entrou em contradição. Até Alexandre se surpreendeu e comentou: "Eu disse isso?". Anna Carolina Jatobá também entrou em contradição várias vezes e negou que tenha esganado a menina Isabella. O público passa a noite na fila para ver o depoimento dos réus.
Os trens atrasam e os passageiros põem fogo nos vagões no Rio.
Depois de 50 dias, volta a chover muito forte em São Paulo.
Pesquise por que o preço de um mesmo remédio pode variar 400%.
Um dos maiores jornais do mundo afirma que o papa, quando era cardeal, ignorou denuncias de que um padre abusou de 200 crianças surdas.
Professores e funcionários federais entram em confronto com a polícia em Brasília.
Adriano nega à polícia que tenha dado uma moto de presente à mãe de um traficante.
Ronaldo faz gesto obsceno e se desculpa com a torcida do Corinthians.

Escrito por Nelson de Sá às 21h12

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sobe-e-desce na rede mundial

Na contramão dos levantamentos que exaltam a internet brasileira, mesmo sem banda larga, a BBC Brasil informa:

O Brasil caiu duas posições, para 61º entre 133 países, num ranking de condições e uso da internet organizado pelo Fórum Econômico Mundial, o Global Information Technology Report 2009-2010. Entre os Brics, só fica à frente da Rússia (80ª). A China está na 37ª posição, e a Índia ocupa a 43ª. Pela primeira vez a Suécia ocupa o primeiro lugar, derrubando a Dinamarca, que caiu para o terceiro. Na segunda colocação ficou Cingapura, e na quarta está a Suíça. Os EUA tiveram uma queda de duas posições, ficando na quinta. Países nórdicos, junto com Canadá, Hong Kong, completam os dez primeiros.

Escrito por Nelson de Sá às 11h58

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

PT vs. PT, na banda larga

Valdo Cruz e Humberto Medina informam que "Lula ficou irritado com a divulgação de parecer do Tesouro", do Ministério da Fazenda, "contra o uso da Telebrás como gestora do Plano Nacional de Banda Larga". O presidente "atribuiu o vazamento a setores do governo que são contra".

Lula "apoia, porém ainda não bateu o martelo", preocupado com o custo do projeto, se for tocado pelo governo:

A incerteza em relação ao custo é o problema que mais dificulta a discussão do assunto dentro do governo. Quem é contra a Telebrás usa números maiores, e quem é a favor, menores. 

Entre os setores favoráveis à Telebrás estão a Casa Civil de Dilma Rousseff e o Planejamento de Paulo Bernardo. A reativação "não conta com o apoio da equipe de Guido Mantega, que prefere nova empresa para gerir o plano ou o uso de outra estatal, como o Serpro".

Lula define o Plano Nacional de Banda Larga em reunião no próximo dia 5, "quando Dilma já terá deixado o governo".

FHC e a banda - Segundo o site Adnews, também "FHC é contra reativação da Telebrás", mas não quer outra estatal. "Para que a banda larga seja ampliada, existem os recursos do Fundo de Universalização das Telecomunicações", que não estariam sendo aplicados.

Paulo Renato e a banda - O site Teletime informa que "São Paulo ainda é o ponto fraco do Banda Larga nas Escolas". A "disputa política" do secretário estadual com o ministro Fernando Haddad "mantém mais de 4 mil escolas paulistas com conexões de apenas 512 kbps". O governo federal "comemora 45 mil escolas conectadas, apesar do dilema em SP".

Escrito por Nelson de Sá às 11h07

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Quatro professores presos em ato contra Serra

 

Para as edições, FSP (índice), VE (índice), ESP e OG. Para sites, FSP, VE, ESP e OG.

Escrito por Nelson de Sá às 09h59

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

EUA suavizam sanções contra Irã

Para as edições, NYT, WSJ, CD e FT. Para sites, NYT, WSJ, CD e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 09h31

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O apetite continua

Leia a coluna "Toda Mídia" de hoje com links. Na Folha digital, à pág. A10.

Escrito por Nelson de Sá às 09h03

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Julgamento completa três dias

Escalada do "Jornal Nacional":

O julgamento de Alexandre e Anna Carolina completa três dias. O advogado de defesa dispensa testemunhas que ainda não tinham falado. Chegou a hora de ouvir os depoimentos dos réus.
Atrasos dos correios já provocam reclamações em todas as regiões.
A vigilância sanitária estuda uma forma de controlar o consumo de antibióticos.
A polêmica do pré-sal. Senadores se dividem entre as propostas que mudam o projeto aprovado na Câmara.
Americanos e russos fecham acordo sobre a redução do armamento nuclear.
A crise entre Estados Unidos e Israel ganha mais um ingrediente.

Do "Jornal da Record":

Um depoimento minucioso e que pode ser decisivo. Perita diz que Isabella foi agredida antes de entrar no apartamento. Confirma que sangue encontrado era de Isabella e acusa que o pai jogou a menina da janela. A reação da defesa. Testemunhas são dispensadas para apressar final do júri. E uma pergunta. Por que esse julgamento comove tanto os brasileiros? "Quando não há confissão, aumentam os mistérios e as especulações."
Dinheiro sujo. Traficante morto pela polícia faturou mais de R$ 400 milhões com cocaína.
Fora do ponto. Os flagrantes de desrespeito com passageiros de ônibus.
Depois do escândalo de pedofilia, papa aceita renuncia de bispo irlandês.
Nos Jogos Sul-Americanos de Medellín, Brasil vence Colômbia e está na final do futsal.
Na ginástica artística, só hoje ganhamos 11 medalhas. 

E do "SBT Brasil":

O julgamento do casal Nardoni chega ao ponto mais importante. Vai começar o depoimento dos réus. Perita que analisou as manchas de sangue afirma que Alexandre Nardoni jogou a menina pela janela. O advogado do casal é agredido na porta do fórum. Para encurtar o julgamento, a defesa dispensou oito testemunhas.
As imagens do momento em que o motorista reagiu a um assalto em São Paulo.
O menino de 12 anos que roubou um banco em Brasília.
O Amazonas confirma a quinta morte por gripe suína.
Mais da metade dos baladeiros voltam pra casa com o motorista que bebeu.
Um racha na estrada deixa cinco mortos no Rio Grande do Sul.
Outono quente com até oito graus acima da média.

Escrito por Nelson de Sá às 21h53

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Google apela ao nacionalismo

Um dia depois de se gabar ao "New York Times" que o governo americano não se envolveu na decisão do Google de confrontar a China, o co-fundador Sergey Brin cobrou que o governo americano torne a censura da internet pela China uma "alta prioridade", pois:

Questões de direitos humanos merecem atenção igual às questões comerciais. Eu espero que isso seja levado a sério.

Aliás, "como serviços e informação são nossas exportações mais bem sucedidas, se as normas na China evitam que nós sejamos competitivos, então elas são uma barreira comercial".

Por outro lado, hoje na primeira página da edição internacional do chinês "Diário do Povo", segundo a Reuters:

Na verdade, o Google não é virgem quando se trata de valores. Sua cooperação e conivência com a inteligência dos Estados Unidos e agências de segurança é bem conhecida.

Escrito por Nelson de Sá às 11h09

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Conflitos judiciais de Daniel Dantas

De Ancelmo Góis, no "Globo", sob o título "Jogou a toalha":

O ex-ministro do Supremo Francisco Rezek, no meio de um tiroteio envolvendo ações da Valepar, holding que controla a Vale, renunciou ao tribunal arbitral. Rezek tinha votado a favor do Opportunity na disputa. Só que teria que se declarar impedido, por já ter advogado para Daniel Dantas, uma das partes, e omitiu essa informação.

A "CartaCapital" publicou o questionário padrão do Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem para formar grupos de arbitragem, "método alternativo de resolução de conflitos judiciais". No documento encaminhado por Rezek em novembro de 2007, pergunta e resposta:

Alguma vez atuou na defesa dos interesses das partes no processo em que está sendo indicado para atuar como árbitro?

Não.

Escrito por Nelson de Sá às 10h31

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A Globo optou

Da coluna Outro Canal, de Andréa Michael:

O Ministério Público pediu à Justiça que determine à Globo a exibição, no "BBB", de esclarecimentos sobre a contração do vírus HIV. É um desdobramento das declarações do "brother" Marcelo Dourado gravadas em 2/2 e veiculadas em 9/2: "Hétero não pega Aids. Um homem transmite para outro homem, mas uma mulher não passa para homem". Para o procurador, ao optar por exibir as declarações, a Globo prestou "um desserviço à prevenção da AIDS no Brasil".

Mônica Bergamo informa que "Dourado é o preferido dos adolescentes para levar o prêmio de R$ 1,5 milhão da Globo", segundo enquete com 62 mil usuários de uma rede social voltada a adolescentes.

Escrito por Nelson de Sá às 09h34

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Televendas eleitorais

Da coluna de Vinicius Torres Freire, "O índice luliano de alegria":

A venda de material de construção cresceu 16% no primeiro bimestre. A associação dos fabricantes acha que crescem 15% neste ano. O IPI menor ajuda. A volta do crédito, também. As pessoas voltam a fazer suas casinhas, puxadinhos e coisas assim. Quem já viu os programas de imóveis pela televisão? Anúncio após anúncio, os televendedores dizem: "E tem financiamento do Minha Casa Minha Vida, genteeeem"... Por ora, José Serra tem mais votos que Dilma Rousseff entre os beneficiários do programa. Até quando?

No "Valor", o cientista político Fernando Abrucio, da FGV, prevê que o "favoritismo de Dilma tende a florescer em meio a um cenário de inflação baixa, crescimento econômico e aumento do emprego".

Escrito por Nelson de Sá às 09h21

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Comungava

No Painel do Leitor, Olavo de Carvalho:

Se alguma vez concordei em gênero, número e grau com alguma opinião do senhor Roberto Jefferson, foi no dia 19, ao ler nesta Folha o artigo "São ideológicos, por isso corrompem". Nada tenho a acrescentar ou a modificar, pela simples razão de que é um plágio do meu artigo "Pensem nisso", publicado pelo "Diário do Comércio" e reproduzido no meu site. Confiram e verão. 

E Roberto Jefferson, presidente do PTB:

Fui induzido ao erro por um colaborador que me enviou o texto como seu. Subscrevi as ideias, porque comungava com elas (quem leu na íntegra verá que não são absolutamente iguais). Mesmo assim, peço desculpas ao professor e à Folha pelo lamentável equívoco.

Escrito por Nelson de Sá às 09h04

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Estatais Telebrás e BB são contestadas

 

Para as edições, FSP (índice), VE (índice), ESP e OG. Para sites, FSP, VE, ESP e OG.

Escrito por Nelson de Sá às 08h33

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

EUA devem dar China por "manipuladora de moeda"

Para as edições, NYT, WSJ, CD e FT. Para sites, NYT, WSJ, CD e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 08h22

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

"Soft power" com armas

Leia a coluna "Toda Mídia" de hoje com links. Na Folha digital, à pág. A8.

Escrito por Nelson de Sá às 07h59

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Delegada diz que tem 100% de certeza

Escalada do "Jornal Nacional":

Chega ao fim o segundo dia do julgamento de Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá. A delegada responsável pelo caso diz que tem 100% de certeza da culpa do casal. A defesa tenta desqualificar as provas técnicas.
O STJ determina que preso em contêiner no Espírito Santo cumpra pena em prisão domiciliar.
A polícia indicia o dono e a funcionária da lotérica que não fez o bolão milionário da Mega Sena.
A empresa que administra os trens no Rio é multada por causa das chicotadas nos passageiros.
O atacante Vagner Love diz em depoimento que não conhece os traficantes vistos ao lado dele numa favela do Rio.
A crise entre Israel e os Estados Unidos. O primeiro ministro Binyamin Netanyahu se reúne com Barack Obama para discutir a construção de casas em Jerusalém Oriental.
Ciência. Pesquisa diz que a troca de gordura saturada pela insaturada reduz em quase 20% o risco de doenças cardíacas. 

Do "Jornal da Record":

No segundo dia de julgamento, o duelo entre acusação e defesa. Testemunha tem certeza que pai e madrasta mataram Isabella. Advogado diz que casal é vítima. "Queriam um culpado, e eu não tenho esse culpado." As estratégias de cada lado. Promotor usa maquete do apartamento para convencer jurados. Advogado dos Nardoni isola a mãe da menina. "É a hora de ela acompanhar, e eles estão tirando o direito dela."
Maior traficante do Rio morre em tiroteio com a polícia. Ele levava granadas na cintura.
De mentirinha. Japão cria bebê robô para treinar futuros papais. "O bebê foi concebido na ideia de humanizar os robôs, tornar mais próxima a relação entre máquina e gente."
Nos Jogos Sul-Americanos de Medelín, menino de prata. Patinação artística fica em segundo contra a Argentina. Meninos de ouro. Na ginástica, Diego Hipólito e equipe são os melhores da América do Sul.
Nossos repórteres apresentam um grupo que não para de crescer. Mulheres sozinhas e felizes. 

E do "SBT Brasil":

A delegada que investigou o casal Nardoni diz que tem 100% de certeza que marido e mulher mataram Isabella. O médico legista mostra aos jurados fotos da menina morta. Depois de prestar depoimento, a mãe de Isabella foi impedida de assistir ao júri. "Eles continuam matando minha neta todo dia e querem matar a minha filha agora."
O traficante considerado o maior fornecedor de cocaína do Rio morre em tiroteio com a polícia.
Atacantes na defesa. Vagner Love e Adriano, do Flamengo, são investigados pela polícia por associação com o tráfico.
Toneladas de livros escolares jogados num lixão em Goiás.
Falta vacina contra gripe suína em pelo menos dois Estados.
O menino que foi operado para tirar 11 dedos.
O Google sai da China.

Escrito por Nelson de Sá às 21h41

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Crescimento para Dilma

Um debate reuniu ontem os diretores de quatro institutos de pesquisa, em São Paulo, para tratar da eleição presidencial.

No enunciado do jornal "O Estado de S. Paulo", "Não é impossível imaginar que a Dilma ganhe no primeiro turno, diz diretor do Vox Populi", João Francisco Meira. O diretor do Sensus, Ricardo Guedes, concorda que "hoje a tendência é muito mais pró-Dilma", que "tem produto para mostrar, a economia. O Serra não tem".

Mauro Paulino, do Datafolha:

O que nós observamos em fevereiro é que ainda há margem de crescimento para Dilma.

Márcia Cavallari, do Ibope, ressalva que "a campanha ainda tem muita coisa para acontecer", mas:

O que a gente sabe é que o eleitor se sente muito confortável de ter votado no Lula e faz a avaliação de que acertou. Ele pensa: Acertei, o país está tendo avanços. O eleitor considera que os avanços foram muito mais profundos no governo Lula. A comparação com o governo FHC é prejudicial para Serra.

Escrito por Nelson de Sá às 11h46

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Google sem China

O Google trocou ontem seu site na China continental pelo de Hong Kong. E o governo chinês reagiu hoje "bloquendo parcialmente" as novas buscas, informam "New York Times" e outros.

Por outro lado, o "China Daily" diz que o "caso Google não vai afetar as relações China-EUA 'a menos que alguém politize a questão', diz o porta-voz do ministério do exterior".

No "NYT", um dos fundadores do Google, Sergey Brin, declarou que o governo dos EUA _apesar do apoio público da secretária de Estado, Hillary Clinton_ não se envolveu nas decisões da corporação. "Foi tudo obra do Google" ou, no original:

This has all been up to Google.

O "Financial Times" ironiza que o Google estaria sendo "esperto demais" com seu "truque" de usar o site de Hong Kong, que não é censurado como o da China continental, e na verdade se jogou num "beco sem saída".

O "Wall Street Journal" cita analistas financeiros, que apontam a baixa penetração do Google no país e a baixa importância deste em seu faturamento. Mas alertam que a decisão seria "uma derrota estratégica para a empresa" no longo prazo e "não parece fazer muito sentido empresarial", levando em conta que o mercado chinês de busca está crescendo cerca de 40% ao ano.

Escrito por Nelson de Sá às 10h00

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Polícia Pacificadora vai à primeira favela do Rio

 

Para as edições, FSP (índice), VE (índice), ESP e OG. Para sites, FSP, VE, ESP e OG.

Escrito por Nelson de Sá às 08h32

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

EUA desafiam a China na web

Para as edições, NYT, WSJ, CD e FT. Para sites, NYT, WSJ, CD e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 08h18

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sem fim

Leia a coluna "Toda Mídia" de hoje com links. Na Folha digital, à pág. A10.

Escrito por Nelson de Sá às 07h53

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Um dos julgamentos mais esperados, comoventes

Escalada do "Jornal Nacional":

Pai e madrasta no banco dos réus. Quase dois anos depois, o casal Nardoni vai a júri popular pela morte da filha Isabella. Nossos repórteres acompanham os argumentos da defesa e da acusação e mostram todos os detalhes do julgamento de um dos casos mais comoventes da história do judiciário brasileiro.
O motorista que conduziu o assassino do cartunista Glauco e do filho Raoni é indiciado pela polícia.
As contas externas têm o pior fevereiro em mais de 60 anos.
O governo Obama comemora a aprovação histórica do sistema de saúde.
Hugo Chávez corta a energia das empresas que não cumpriram a meta de economia na Venezuela.
Começa a segunda etapa da campanha de vacinação contra a gripe H1N1.
No vôlei, Bernardinho inclui o ex-capitão Ricardinho na lista dos pré-convocados para a Liga Mundial. 

Do "Jornal da Record":

Começa um dos julgamentos mais esperados do Brasil. Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá são acusados de matar a menina Isabella. Os sete jurados, quatro mulheres e três homens, vão decidir o destino do pai e da madrasta. É grande a expectativa da mãe da menina Isabella.
Começa a segunda fase da vacinação contra a gripe A.
Militares reforçam o combate à dengue.
Vitória de Barack. Reforma no sistema de saúde será assinada amanhã.
A violência do futebol dentro e fora de campo.
O caso Glauco. Pai e irmão visitam Cadu na prisão.
Direto de Medellín, os Jogos Sul-Americanos. "A consagração de um craque. Falcão é o maior artilheiro da história do futsal." "Ginasta Diego Hypólito inicia corrida pelo ouro." "Beleza, suavidade e medalha. Sobre as rodinhas dos patins, já somos campeões." 

E do "SBT Brasil":

Quatro mulheres e três homens vão decidir o futuro do casal Nardoni no banco dos réus. Os advogados de defesa quiseram adiar o julgamento, mas o juiz negou.
Ladrões que atacam na rodovia mais movimentada do país mal terminam o assalto e já começam outro.
O consumo de crack em praça pública em Brasília.
O presidente Lula recomenda. Cuidado para quem vai visitar o Rio de Janeiro.
O preço cai e já é vantagem abastecer com álcool em seis Estados.
As dúvidas da segunda etapa da vacinação contra a gripe suína.
O vulcão que entrou em erupção numa geleira gigante.
A gari que encontrou um cheque de R$ 35 mil e depositou para o dono.

Escrito por Nelson de Sá às 21h37

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

José Serra, 68, candidato

O "SPTV" de sexta-feira, sem vídeo on-line, anunciou "um projeto de formação profissional tocado a quatro mãos":

O convênio para a implantação da escola voltada para a área de mídia eletrônica foi assinado pelo governador José Serra e pelo presidente das Organizações Globo, Roberto Irineu Marinho. Será construída pela Globo em terreno vizinho à sede da TV e que pertence ao governo do Estado. Vai ter estúdio e auditório. A escola técnica Jornalista Roberto Marinho fica pronta no fim do ano.

Serra, no "SPTV":

A garotada que estuda, de cada cinco, quatro conseguem emprego logo depois que se formam e melhoram também a sua produtividade no ensino médio, porque passam a ver mais sentido naquilo.

Horas antes, em longa entrevista pelo aniversário, Serra havia admitido a candidatura para José Luiz Datena, da Band. Via Amigos do Serra:

Escrito por Nelson de Sá às 12h01

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Movimento

Do site "Propaganda & Marketing":

Nesta segunda, Dia Mundial da Água, diversos jornais e sites mudaram de cor para o lançamento de uma campanha da AmBev pelo uso consciente da água. Folha de S.Paulo, "O Estado de S. Paulo", "Valor Econômico", "Brasil Econômico", "O Globo", "Metro", "Destak", UOL, iG, Yahoo, "Correio Brasiliense", entre outros veículos, adotaram a cor azul. A maioria deixou azul a primeira página ou home. Com a Folha e o "Valor" a estratégia foi adotada em todo o primeiro caderno. A campanha conta ainda com anúncios de página tripla em jornais e de página dupla em revistas como "Veja", "IstoÉ", "Exame", "Época Negócios", "IstoÉ Dinheiro", "CartaCapital".

A campanha "Quem vê a água enxerga seu valor" foi criada pela Loducca.MPM. Chama-se Cyan porque a cor foi a solução encontrada pelos gregos em 159 d.C. para representar o líquido incolor.

O "Meio & Mensagem" informa aqui, notando que "não haverá veiculação na televisão". Explica a agência de propaganda:

É difícil pintar TV de azul. Preferimos investir no formador de opinião.

Escrito por Nelson de Sá às 11h31

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Das sombras

Do blog Radar, da "Veja", na sexta-feira:

A palestra de FHC sobre Joaquim Nabuco na Academia Brasileira de Letras teve na platéia um personagem que raramente aparece em eventos públicos -o advogado e velho lobista Jorge Serpa, que entre os anos 60 e início dos 90 entrava nos gabinetes mais poderosos do país sem precisar pedir licença. Ao final da conferência, FHC foi até Serpa e o abraçou antes mesmo de cumprimentar vários acadêmicos.

Escrito por Nelson de Sá às 10h37

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Deve haver algum engano

Em agosto do ano passado, o presidente do Ibope, Carlos Augusto Montenegro, deu longa entrevista à revista "Veja", para o título, entre aspas, "Lula não fará seu sucessor".

Na manchete de ontem do portal iG, falando a Tales Faria sobre sua pesquisa da semana passada, "Eu não acredito que disse aquilo, deve haver algum engano". Aliás, declara o presidente do Ibope:

Estamos em março e é muito cedo para futurologias.

Escrito por Nelson de Sá às 10h03

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Obama agrega 32 milhões ao sistema de saúde

 

Para as edições, FSP (índice), VE (índice), ESP e OG. Para sites, FSP, VE, ESP e OG.

Escrito por Nelson de Sá às 09h27

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Obama faz história, mas expõe divisão dos EUA

 

Para as edições, NYT, WSJ, CD e FT. Para sites, NYT, WSJ, CD e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 09h13

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Contra a igreja de Glauco (ou a igreja de Bento)

 

 

Para as edições, Veja, Época e IstoÉ. Para sites, Veja, Carta, Época e IstoÉ.

Escrito por Nelson de Sá às 08h57

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A mudança chegou?

Leia a coluna "Toda Mídia" de hoje com links. Na Folha digital, à pág. A10.

Escrito por Nelson de Sá às 08h42

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Nelson de Sá Nelson de Sá é articulista da Folha de S.Paulo.
RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.