Nelson de Sá

Toda Mídia

 

Um novo retrato do Brasil. A desigualdade caiu

Escalada do "Jornal Nacional":

O IBGE mostra um novo retrato do Brasil. A desigualdade de renda caiu em quase todas as regiões. Diminuiu o tamanho das famílias nos lares brasileiros. O percentual de crianças nas escolas subiu. Aumentou o tempo de permanência dos alunos na sala de aula. O ritmo da queda no número de analfabetos perdeu força.
Veja também:
Depois de um ano, tem alta o primeiro brasileiro curado da raiva.
A polícia de São Paulo prende quadrilha que desviava remédios da rede pública.
Presidente do Irã volta a negar o holocausto e revolta o mundo.
Uma viagem no tempo. As histórias dos homens que vestiram a seleção nos primeiros títulos mundiais.
Um mistério para os pesquisadores. Peixe que apareceu na Bahia não tem escamas e mede quase dois metros. 

E do "Jornal da Record":

O IBGE divulga um novo retrato do Brasil. A desigualdade diminuiu, mas a maioria das famílias ainda vive com salário mínimo.
Traficantes do Rio agora usam armas do Exército da Bolívia.
Ontem você viu aqui a máfia dos documentos falsos. Hoje vai ver a prisão em flagrante.
Aprovada a lei que cria documento único. Medida quer evitar fraudes.
De dia ele fingia que era cliente e de noite roubava os carros de luxo.
Ladrões da saúde. Quadrilha desviava remédio de hospital público para clínicas particulares.
Vice José Alencar reage bem a tratamento no sangue.
Recebe alta o primeiro brasileiro que sobreviveu a raiva humana.
Você sabe quantas câmeras filmam você durante um simples passeio? É muito mais do que se imagina.

A coluna e o blog voltam na segunda-feira.

Escrito por Nelson de Sá às 21h10

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

São Paulo vs. Confecom

Segundo o site Tele.Síntese, 16 Estados já convocaram pré-conferências para a Conferência Nacional de Comunicação, em dezembro. Entre eles, Rio, Minas, Bahia e Pernambuco, mais o Distrito Federal. São Paulo e outros "ainda não marcaram" e o Ministério das Comunicações afirma que vai "tentar conversar que contribuições dar para que se realizem".

Do site Teletime, sob o título "São Paulo não quer convocar":

Como não houve convocação e nenhuma explicação, a recusa pode ter motivação política. De qualquer forma, São Paulo deve ter uma pré-conferência porque está previsto no regimento que a comissão pode determinar. Existem problemas em pelo menos outros quatro, Maranhão, Tocantins, Santa Catarina e Amazonas. Nesses casos, os impasses são pontuais ou referentes a financiamento.

Escrito por Nelson de Sá às 11h18

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ben Self e as relações

"Mentor das estratégias de internet que ajudaram a eleger Obama", Ben Self se reuniu com Dilma Rousseff, mas avisou a Letícia Sander na Folha, à pág. A8, não acreditar que se possa "trazer algo pronto de determinado país e fazê-lo funcionar". Ele propõe estabelecer relações com as pessoas e usar essas relações para que se mobilizem por sua causa:

Isso sim funciona em qualquer lugar. É a natureza humana.

Escrito por Nelson de Sá às 10h04

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Lula lá

Do Painel de Renata Lo Prete, na nota "Chique no último":

Em sua passagem pelos EUA, na semana que vem, Lula dará entrevista ao programa "NewsHour", apresentado por Jim Lehrer na rede PBS. O brasileiro ocupará um bloco de 15 minutos do noticioso, um dos mais prestigiosos da TV americana. Para completar, o presidente posará para um ensaio fotográfico da revista "The New Yorker". Os cliques serão assinados por Platon, autor do premiado retrato de Vladimir Putin que foi capa da "Time" há dois anos.

E do Radar de Lauro Jardim, "no dia 13 de outubro, Lula concede uma entrevista ao 'Financial Times' para falar sobre o fim da marolinha".

Escrito por Nelson de Sá às 09h48

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Petroleiras, via DEM e PSDB, tentam tomar pré-sal

 

Para as edições, Folha em texto ou digital, Valor, Estado e Globo. Para os sites, Folha Online, Valor Online, Estadao e Globo Online. Mais PressDisplay e Newseum.

Escrito por Nelson de Sá às 09h28

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

EUA preparam arrocho salarial de banqueiros

Para as edições, NYT, WSJ, CD e FT. Para os sites, NYT, WSJ, CDFT. Também no NewsStand, no PressDisplay e no Newseum.

Escrito por Nelson de Sá às 09h08

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

"Uma nação em marcha"

Leia a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje, com links, para assinantes Folha e UOL. E na versão digital, à pág. A10.

Escrito por Nelson de Sá às 08h58

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

No telejornal nacional, São Paulo, São Paulo

Escalada do "Jornal Nacional":

Seis meses de investigação no interior de São Paulo e a polícia fecha o cerco a traficantes adolescentes. Na capital do Estado, o cerco é a contrabandistas de celulares.
O ex-boxeador Acelino Popó presta depoimento por causa da morte de um homem em Salvador.
Um alerta aos endividados. Como não cair em golpes na hora de limpar o nome no mercado.
Suecos dizem que vendem caças militares ao Brasil por metade do preço dos franceses e americanos.
Estados Unidos desistem do plano de segurança polêmico criado por George Bush.
Veja também a estreia nota dez da melhor jogadora do mundo no Santos.
A mente dos psicopatas. Cientistas ligam o comportamento agressivo a anomalias no cérebro.
Paleontólogos anunciam a descoberta do mini-tiranossauro chinês.  

E do "Jornal da Record":

Presa quadrilha que contrabandeava celulares da China.
Carteira de identidade e certidão de nascimento. Nossos repórteres mostram com exclusividade a máfia dos documentos falsos.
Popó nega que tenha mandado matar namorado da sobrinha.
Entre quatro paredes. Pai teve quatro filhos com a própria filha.
Anti-Bush. Obama cancela escudo antimíssil no Leste Europeu.
Governo proíbe plantio de cana na maior parte do Brasil. Medida abre caminho para o etanol no exterior.
Cuidado, você está sendo filmado. Hoje, o celular a serviço do crime.

Escrito por Nelson de Sá às 21h42

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Medo na América

Chamando Glenn Beck de "maluco" já na capa, a nova "Time" produz longo perfil do âncora da Fox News, "fenômeno de rádio, TV e livros", para questionar se ele "faz mal à América". Diz que "ninguém tem maior sensibilidade para o humor", predominante hoje nos EUA, de "desalento, suspeita e medo", decorrente da crise econômica.

Em uma frase, "Beck tem 45 anos, é incansável, engraçado, fala mal de si mesmo, alcoólatra em recuperação, mórmon convertido, libertário, sofre de transtorno de déficit de atenção/hiperatividade". Ele próprio se diz "a fusão do entretenimento com o iluminismo", mas a revista avisa que "o entretenimento vem antes". Volta e meia, chora ao vivo.

Hoje na extrema direita, é um admirador de Orson Welles, recriando "Guerra dos Mundos" no rádio e batizando sua empresa de produção de Mercury, em homenagem ao esquerdista Mercury Theatre de Welles.

Escrito por Nelson de Sá às 11h26

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ministério da Verdade 2

Apagado dos 40 anos do "Jornal Nacional", José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, escreve para não esquecer. Já postou mais lembranças e agora ensina, em "Fazer televisão é fácil. Comunicar é difícil":

Criar cenários, iluminar etc. são funções importantes na produção. Mas não fazem necessariamente um bom programa... Infelizmente os recursos fazem alguns profissionais acreditarem que forma é mais importante que conteúdo. O espectador não é bobo. Não adianta apostar em móveis, cadeiras, escadas, elevador que não vai a lugar algum, novidades tecnológicas, cenários mirabolantes, cidades fantásticas, desertos, rios e montanhas... E é bom lembrar que bater palmas para o umbigo é tão ridículo como merchandising mal-feita. O que importa é a capacidade de comunicar. É não ser egoísta pensando no produto apenas como mais um produto. É fundamental pensar em quem está do outro lado, com o controle remoto na mão... Um programa bom pode resistir ao tempo, mas não pode ser como um restaurante velho "sob nova direção". Ou aquele sabão de sempre "agora em nova embalagem". Uma novidade formal é bem-vinda, mas não pode ser promovida e alardeada como se fosse a descoberta da pólvora. Basta que seja percebida... Nereu Ramos, da velha Tupi, quando algum produtor exagerava nos pedidos de material, costumava retrucar: Na sua casa alguém já ligou a TV para ver o pano da Excelsior ou a mesa da Globo?

Escrito por Nelson de Sá às 10h56

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

E não passou de uma "vaguelette"

A BBC Brasil destaca que o francês "Le Monde" publica hoje que Lula teve uma visão "bastante correta" ao prever que a crise provocaria apenas uma "marolinha", pois não passou de um semestre. No original:

En prédisant avec ironie que "le tsunami" de la crise provoquerait dans son pays une simple "vaguelette", Lula avait vu assez juste.

Na análise do jornal, "A retomada do crescimento mundial repousa sobre os Brics", escrita pelos correspondentes de Rio, Jean-Pierre Langellier, Moscou, Nova Délhi e Xangai:

A rápida recuperação do Brasil demonstra a precisão da estratégia adotada pelo governo e concentrada no apoio do mercado interno.

Escrito por Nelson de Sá às 09h54

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Saldo de empregos desde outubro já é positivo

 

Para as edições, Folha em texto ou digital, Valor, Estado e Globo. Para os sites, Folha Online, Valor Online, Estadao e Globo Online. Mais PressDisplay e Newseum.

Escrito por Nelson de Sá às 09h08

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

EUA desistem da barreira antimísseis na Europa

 

Para as edições, NYT, WSJ, CD e FT. Para os sites, NYT, WSJ, CDFT. Também no NewsStand, no PressDisplay e no Newseum.

Escrito por Nelson de Sá às 08h59

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

60 mil pontos e subindo

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje, com links, para assinantes Folha e UOL. E na versão digital, à pág. A12.

Escrito por Nelson de Sá às 08h50

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Recorde na geração de empregos

Escalada do "Jornal Nacional":

A economia brasileira apresenta mais números positivos. A cotação do dólar atinge o menor valor em um ano. A Bolsa de São Paulo tem a pontuação mais alta de 2009. E agosto registra um aumento recorde na geração de empregos.
A reação de um Guarda Municipal a um assalto num ônibus termina com um inocente morto num tiroteio em São Paulo. No Rio, PMs são suspeitos de torturar dois adolescentes.
A Anac anuncia: mortes em acidentes aéreos no Brasil são quatro vezes mais frequentes do que a média mundial.
Deputados da Comissão de Constituição e Justiça aprovam a legalização dos bingos.
E na Fórmula 1 dirigentes que teriam orientado Nelsinho Piquet a bater de propósito deixam a equipe Renault. 

E do "Jornal da Record":

As vítimas de uma guerra sem vencedores. Quatro pessoas morrem e cinegrafistas são feridos em morro do Rio de Janeiro dominado pelo tráfico.
O Brasil em falta com a saúde. Menino pode perder movimentos porque não consegue ser operado.
Câmara federal dá o primeiro passo para liberar o bingo e as máquinas caça-níqueis.
Delícia paulistana. Concurso vai escolher o melhor pastel de feira de São Paulo.
Você vai conhecer o cineasta do celular. Ele produziu reportagem inédita feita inteiramente com a câmera de um telefone.

Escrito por Nelson de Sá às 23h05

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Você está preparado para o futuro?

Da "Economist", vídeo anunciando seu fórum de convergência de mídia, "O momento da verdade: consumidores, tecnologia e comércio":

      

Escrito por Nelson de Sá às 11h30

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Vem aí a banda larga estatal, mas as teles resistem

Do Teletime, sob o título "Governo decide: terá rede pública":

Lula convocou ontem ministros de áreas diretamente ligadas às políticas de inclusão digital (Comunicações, Educação, Planejamento). Anatel, Advocacia Geral e BNDES também foram. A principal conclusão da reunião, que terminou às 22h, é que o governo vai ter uma rede pública de banda larga. O presidente pediu estudos técnicos, jurídicos e econômicos em 45 a 60 dias. A Telebrás está no projeto, por uma razão simples: já tem R$ 280 milhões que poderão ser aplicados. Além disso, analisa-se o uso de redes de transmissão de energia (Chesf, Furnas e Eletronorte), além da rede da Petrobras.

Segundo o site, "o foco é a infraestrutura" e:

Talvez seja a razão de o Minicom não ter feito propostas concretas, pois, conforme apurou este noticiário, a maior preocupação de Hélio Costa é com serviços que poderão ser explorados pelo governo, deixando a infraestrutura para as empresas de telecomunicações.

Escrito por Nelson de Sá às 11h06

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Em vaivém, as restrições à internet

Do Painel, à pág. A4, sob o título "Tudo como antes":

Antes mesmo de receberem o texto da reforma eleitoral modificado pelos senadores, os deputados já trabalham, num raro consenso, para recompor a versão original aprovada na Câmara. O ponto que trata das restrições ao uso da internet sofrerá no máximo uma "leve flexibilização", muito distante da liberação geral aprovada pelos senadores... E se eles pressionarem para fazer valer sua versão? "Não vamos nem conversar", encerra um líder da Câmara.

Escrito por Nelson de Sá às 09h50

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Juro e a taxação "absurda" da poupança de R$ 50 mil

   

Para as edições, Folha em texto ou digital, Valor, Estado e Globo. Para os sites, Folha Online, Valor Online, Estadao e Globo Online. Mais PressDisplay e Newseum.

Escrito por Nelson de Sá às 09h20

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

China conclama países ricos a "dividir" poder global

Para as edições, NYT, WSJ, CD e FT. Para os sites, NYT, WSJ, CDFT. Também no NewsStand, no PressDisplay e no Newseum.

Escrito por Nelson de Sá às 09h10

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

"Fantástico momento"

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje, com links, para assinantes Folha e UOL. E na versão digital, à pág. A8.

Escrito por Nelson de Sá às 08h58

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Bancos preveem crescimento do Brasil em 2009

Escalada do "Jornal Nacional":

Imposto de Renda sobre o rendimento de poupança com mais de R$ 50 mil deve ser de 22,5%.
O IBGE mede o maior nível de comércio varejista em nove anos.
Um ano depois da crise internacional, bancos aumentam a previsão de crescimento do Brasil.
Chefe do tráfico de drogas do Rio recebe autorização para sair da cadeia durante o dia e decide não voltar mais à prisão.
Senado aprova que sucessor de político que tiver mandato cassado será escolhido em eleição direta.
Morre nos Estados Unidos o ator do filme "Ghost" Patrick Swayze. 
Sai da cadeia o jornalista que atirou sapatos em George Bush.
Veja também as conversas da equipe Renault na corrida suspeita de fraude em Cingapura. E o show do atacante brasileiro Grafite na Liga dos Campeões da Europa.  

E do "Jornal da Record":

O mundo contra um crime repugnante. Vinte e três países caçam 70 pedófilos, muitos deles no Brasil.
O Rio de Janeiro contra um crime revoltante. Nas comunidades dominadas pelo tráfico, homossexuais são perseguidos e mortos.
Conselho que vale dinheiro. Como se proteger na hora de sacar na boca do caixa.
Descaso e miséria. Catadores de lixo tentam vender uma granada como sucata. Ela explode e mata duas pessoas.
Pela primeira vez em dez anos, diminui o número de imigrantes brasileiros no Japão. A culpa é da crise.
Cuidado, você está sendo filmado. As surpresas e os flagrantes de quem fala pouco e filma muito com o celular.

Escrito por Nelson de Sá às 21h30

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

"Extreme Fight"

Outro Canal informa que um diretor do SBT foi a Brasília "reclamar da invasão evangélica na TV" e cobrar do ministro das Comunicações a ilegalidade do arrendamento de programação e até de canais inteiros.

E o "New York Times" destaca mais controvérsia no avanço da Renascer em Cristo, do canal Gospel. Sem citar Kaká, foca eventos esportivos como a noite de "Extreme Fight" (abaixo, foto de Lalo de Almeida) em que a estrela é o pastor Dogão Meira, treinado pelo pastor Mazola Maffei.

Registra que Dogão é "pastor de meio período", tem outro emprego no marketing de uma empresa "e estuda publicidade à noite".

Escrito por Nelson de Sá às 11h56

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Mais Google & jornais

O "Financial Times" informa sobre a "recepção fria", por parte dos publishers, à proposta de micropagamentos feita pelo Google dias atrás, à Associação Americana de Jornais:

Alguns executivos da indústria de notícias rejeitaram dizendo ser mais uma tentativa do Google de acalmar a relação pesada com os publishers, muitos dos quais argumentam serem pouco recompensados pelo acesso do Google News a seus artigos. 

Mas já vem o Google e lança nova ideia na direção das organizações jornalísticas. O "New York Times" noticia sua nova "tentativa de ser visto como um amigo da indústria de notícias, com um novo serviço que, espera o Google, tornará mais fácil a leitura de artigos de imprensa".

Mais precisamente, permitiria acesso a páginas dos sites de jornais e revistas de forma mais rápida, pela exclusão de "anúncios e outros itens que causam lentidão". Mas para depois o Google "planeja postar anúncios junto aos artigos e dividir o faturamento com os publishers".

Rupert Murdoch e seu "Wall Street Journal" ficaram de fora, mas "NYT", a revista "The Atlantic" e a BBC participam dos testes. Um executivo do "NYT" admite que seria um novo concorrente para os próprios sites dos jornais, mas "isso não quer dizer que você não participe".

O jornal ouve de um analista de mídia que a decisão do Google de pagar aos publishers por conteúdo já representa "mudança significativa" e pode ser "um caminho para a racionalização e a paz na relação".

Escrito por Nelson de Sá às 10h42

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A educação de Dilma Rousseff

Helena Chagas, da TV Brasil, twitou sobre Dilma em Roraima:

Dilma discursa agora em Caracaraí. Tá aprendendo. Elogios à toooda a bancada, prefeito, vereadores... Chamou Jucá de incansável batalhador. Diz que Norte e Nordeste não foram beneficiados por investimentos "nos últimos séculos". Agora fala de mulher, criança, saneamento e... meio ambiente, tema de vocês sabem quem... E continua: FMI fora, Minha Casa Minha Vida. Pode ser engano, mas até agora não falou um numerozinho sequer... E parece falar de improviso. Em resumo, sai de campo a tecnocrata e entra a política. 

Também via Twitter, Luis Costa Pinto:

Ben Self, fundador da Blue State Digital e diretor de tecnologia da campanha de Obama nos EUA, em 2008, estará com Lula e Dilma esta semana. Terá longas reuniões com João Santana, responsável pela reeleição de Lula e até aqui comandante da campanha de Dilma em 2010. Pode ajudar muito, mas a internet aqui não é como é lá.

Escrito por Nelson de Sá às 09h34

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

TCU, área ambiental e orçamentos derrubam PAC

  

Para as edições, Folha, Valor, Estado e Globo. Para os sites, Folha Online, Valor Online, Estadao e Globo Online. Também PressDisplay e Newseum.

Escrito por Nelson de Sá às 09h12

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Um ano de Lehman e juiz veta acordo sobre Merril

Para as edições, NYT, WSJ, CD e FT. Para os sites, NYT, WSJ, CDFT. Também NewsStand, PressDisplay e Newseum.

Escrito por Nelson de Sá às 09h02

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Google domina Brasil e Índia

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje, com links, para assinantes Folha e UOL. E na versão digital, aqui, à pág. A10.

Escrito por Nelson de Sá às 08h50

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Governo propõe taxar poupança acima de R$ 50 mil

Escalada de manchetes do "Jornal Nacional":

Investidores aumentam depósitos nas cadernetas de poupança e o governo propõe taxar aplicações acima de R$ 50 mil.
Reflexo das prestações a perder de vista, aumenta a dificuldade de pagar em dia as mensalidades do carro.
Nossos repórteres mostram a casa que produz mais energia do que consome, na Europa.
As medidas para aumentar a segurança das panelas de pressão no Brasil.
O que diz o ex-marido da brasileira suspeita de matar a filha na Itália.
Novidades nas perguntas que o IBGE vai fazer a todas as famílias brasileiras no ano que vem.
Um problema que cresce nos edifícios da maior metrópole do país.
Veja também. Como a colocação na tabela do Brasileirão mexe com o comportamento dos jogadores. Por que Rubens Barrichello leva vantagem na próxima prova da Fórmula 1.  

E do "Jornal da Record":

História de pedofilia deixa estarrecidos alunos da Universidade Federal da Bahia.
Consumidores cariocas estão assustados com crimes dentro dos shoppings.
Exclusivo. Tráfico de drogas não se limita a áreas decadentes do centro de São Paulo.
Fogo no asfalto. Avião faz pouso forçado na Alemanha.
A vida longa do rei do pop. Trailer do filme dos últimos ensaios de Michael Jackson já está na internet.
Falando em internet, cuidado, você pode cair na rede. A família que vive de vender as imagens dos outros. A professora que perdeu o emprego e ganhou a fama.

Escrito por Nelson de Sá às 22h34

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Na Espanha, "diversificação"

Não é só na Argentina. O "New York Times" relata como o "El País", "há muito um apoio confiável do Partido Socialista", publicou capa com charge inusitadamente crítica ao governo, sobre a crise econômica.

Dentro e fora do governo, a suspeita é que a nova cobertura musculosa é resultado de um choque de bastidores entre o grupo Prisa, do jornal de Madri, e o rival grupo Mediapro, de Barcelona, sobre concessões de TV feitas ao Mediapro pelo governo. Os dois grupos têm vínculos com o partido e aspirações globais. 

O conflito central é pela transmissão da Liga de futebol e começou semanas atrás, antes da temporada.

Juan Luis Cebrián, que foi editor do "El País" e hoje dirige todo o grupo, acusa o governo de "tentar dominar a mídia" e "favorecer amigos". Em coletiva, em agosto, o primeiro-ministro José Luis Zapatero defendeu as decisões, dizendo que o setor se torna "mais diversificado".

Escrito por Nelson de Sá às 11h54

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Na Argentina, teles e a "desconcentração"

Complica-se o caso da "intimidação" do argentino "Clarín", por operação fiscal. Ao fundo, detalha Silvana Arantes na Folha, pág. A12:

Está em discussão no Congresso a Lei de Serviços Audiovisuais. O grupo Clarín é contrário ao projeto, em que vê tentativa do governo de controlar a mídia. Além disso, os interesses do Clarín seriam afetados pela lei. As medidas de "desconcentração" previstas obrigariam o grupo a se desfazer de parte de suas concessões, além de ver entrar no mercado de TV a cabo, que domina, um enorme competidor, as companhias telefônicas. O "Clarín" publicou ontem um texto em que contesta, com dados estatísticos sobre seu alcance, a designação de "monopólio" que o governo lhe dá. "Clarín é o principal grupo de mídia, mas o cenário é plural e competitivo." A blitz no "Clarín" ajudou a fortalecer a oposição à lei de mídia do governo.

Escrito por Nelson de Sá às 11h00

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Capitalização em recursos humanos

A "Veja" informa que a Record estreia em duas semanas, domingo 27, o portal R7. "Foram contratados 130 jornalistas e 30 blogueiros."

E o "Valor" entrevista a direção da tele Oi, que anuncia "nova fase", encerrado o processo de fusão com a BrT. Em suma:

Com o enfraquecimento da telefonia fixa, fica mais importante diversificar. No portal iG, a ideia é destinar "muitos milhões de reais" a um novo perfil de conteúdo, diz Otávio Azevedo, da Andrade Gutierrez, uma das controladoras. "Queremos que o iG seja a mídia eletrônica mais reconhecida e, para isso, será oferecido tudo que for adequado em termos de conteúdo e plataforma tecnológica." Está prevista a capitalização em recursos humanos... Na TV paga, a Oi atua desde julho no Rio e em Minas. Em outubro, Rio Grande do Sul. "Estamos preparando o plano para decolagem. Sem propaganda, conquistamos 50 mil clientes no Rio e em Minas em dois meses", diz Pedro Jereissati, da La Fonte, também sócia controladora.

Escrito por Nelson de Sá às 10h02

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Governadores desviam dinheiro da saúde

Para as edições, Folha, Valor, Estado e Globo. Para os sites, Folha Online, Valor Online, Estadao e Globo Online. Também PressDisplay e Newseum.

Escrito por Nelson de Sá às 09h26

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

China contra-ataca, mas "não é vingança"

Para as edições, NYT, WSJ, CD e FT. Para os sites, NYT, WSJ, CDFT. Também NewsStand, PressDisplay e Newseum.

Escrito por Nelson de Sá às 09h08

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Brasil, último a entrar e primeiro a sair da crise

 

  

Para as edições e capas, Veja, CartaCapitalÉpocaIstoÉ.

Escrito por Nelson de Sá às 08h58

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

"Exit the Recession"

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje, com links, para assinantes Folha e UOL. E na versão digital, aqui, à pág. A9.

Escrito por Nelson de Sá às 08h46

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Nelson de Sá Nelson de Sá é articulista da Folha de S.Paulo.
RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.