Nelson de Sá

Toda Mídia

 

Governo anuncia reajuste de 10% no Bolsa Família

Escalada de manchetes do "Jornal Nacional":

Presidente Lula chama de ignorantes e imbecis os que criticam o Bolsa Família. O governo aumenta o valor do benefício acima da inflação.
Clínica para dependentes químicos é fechada sob suspeita de maus tratos em Minas.
Clínicas de bronzeamento desprezam medidas de segurança mesmo depois de estudo que mostra ameaça do câncer.
Medo da gripe suína leva brasileiros a comprar remédios sem nenhuma indicação médica no Paraguai.
Cabelos de Michael Jackson serão transformados em diamantes.
O mundo inteiro se assusta com ritual tradicional na Índia. 
Médicos anunciam que Felipe Massa deixará o hospital na segunda-feira.
Seleção feminina de vôlei vence a primeira no Grand Prix.  

E do "Jornal da Band":

Governo anuncia reajuste de 10% no Bolsa Família.
OMS diz que gripe suína aumenta risco de aborto ou morte do feto. Grávidas são mais vulneráveis a qualquer tipo de gripe.
Polícia recupera remédios roubados de hospital no interior de São Paulo avaliados em quase R$ 2 milhões.
Quadrilha é presa acusada de tráfico internacional de mulheres.
Santos apresenta novo reforço para o Brasileirão.
César Cielo garante vaga na final dos 50 m livre em Mundial.
Organização da Fórmula Indy confirma Grande Prêmio do Brasil a partir do ano que vem.
Brasília completa dois meses sem uma gota de chuva. Umidade do ar atinge estado de alerta.
Julho fecha com o melhor resultado da Bolsa em dez anos. Alta no ano é de quase 46%. 

A coluna e o blog voltam na segunda-feira.

Escrito por Nelson de Sá às 20h27

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O grande irmão publicitário

Na primeira página do "New York Times" de hoje, "Publicidade segue os usuários de internet e vira mais pessoal", enunciado singelo para o que a reportagem descreve como "uma coisa orwelliana".

Gigantes de marketing como Experian, Acxiom e DoubleClick, que sempre tiveram "uma montanha de informação" sobre a vida das pessoas fora da internet, "como renda, crédito, propriedade", começam a vincular os dados à navegação dos consumidores, via cookies nos computadores.

Sem saber, consumidores já acessam versões diferentes de sites "baseadas em suas informações históricas", além de anúncios direcionados. A Acxiom afirma ter 1.500 dados, em média, sobre cada americano. Entre os clientes, Gap e editoras de revistas.

O jornal ouve de uma usuária que "é como Big Brother: as pessoas têm que entender que, toda vez que abrem informação sobre elas, alguém vai coletar." Um professor de direito de Berkeley avisa que, para o capital, "nós agora somos entradas para conexão de dados".

Escrito por Nelson de Sá às 11h23

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sarney e os meios

Da coluna de José Sarney, remetendo a Lênin, ele também:

Foi Lênin quem aplicou como método as leis da guerra à política. Ele não a via como instrumento democrático para conquista do poder, mas como luta entre inimigos, para exterminar o adversário -e nisso toda crueldade devia ser usada. Daí o pensamento dele de que os fins justificam os meios. Hoje, com a sociedade de comunicação, os princípios da guerra aplicados à política são mais devastadores do que a guilhotina da praça da Concorde. O adversário deve ser morto pela tortura moral numa máquina de repetição e propagação, qualquer que seja o método do vale-tudo, desde o insulto, a calúnia, até a invenção de provas. Como julgar uma democracia em que não se tem lei de responsabilidade da mídia nem direito de resposta, diante desse tsunami avassalador da internet? Como ficam os direitos individuais, a proteção à privacidade?

Antes, já havia discursado que "O Estado de S. Paulo iniciou campanha contra mim, obrigando os outros jornais e a televisão a repercuti-la".

Escrito por Nelson de Sá às 09h26

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Bate-estaca

Da escalada do "Jornal Nacional", um mês atrás: "A crise termina a semana sem solução. Sarney não vai deixar a presidência do Senado".

Uma semana atrás: "Gravações ligam Sarney a ato secreto para contratar o namorado da neta".

Até que ontem, por fim: "Lula muda discurso e diz que permanência ou não de Sarney não é problema dele".

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje.

Escrito por Nelson de Sá às 09h15

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Com a saúde, a grande prova de Obama

 

Para as edições, "Time" e "Economist".

Escrito por Nelson de Sá às 09h00

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Lula deixa Sarney, Perillo fala como presidente

 

Para as edições, Folha, Valor, Estado, Globo, SN e MH. Para os sites, Folha Online, Valor Online, Estadao, Globo Online, Tempo Online (SN) e Dia Online (MH). Também PressDisplay e Newseum.

Escrito por Nelson de Sá às 08h51

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A cúpula da cerveja (e os bônus dos banqueiros)

Para as edições, NYT, WSJ, WP, FT, CD e TOI. Para os sites, NYT, WSJ, WP, FT, CD e TOI. Também NewsStand, PressDisplay e Newseum.

Escrito por Nelson de Sá às 08h37

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

"Lula diz que Sarney não é problema dele"

Escalada do "Jornal Nacional":

Perigo na pista. Motoristas reclamam da falta de sinalização em obras nas estradas.
Pesquisa encontra nova explicação para o fato de mulheres vítimas de agressões não denunciarem os agressores.
Revelação do pai de Michael Jackson: cantor teria um filho adulto que já é artista.
Presidente Lula muda discurso e diz que permanência ou não de Sarney na presidência do Senado não é problema dele.
Piloto Felipe Massa conversa com Rubens Barrichello pela primeira vez sobre o acidente.
César Cielo conquista recorde dourado em mundial de natação.  

E do "Jornal da Record":

Brasil já produz medicamento genérico para combater a gripe suína.
Aluguel pode ficar mais barato. 
Desentendimento entre policiais civis e militares termina em morte na Bahia.
Em São Paulo, empresas são multadas em milhões de reais por reclamações de consumidores.
Mistério no Rio Grande do Sul. Idosa chega ao hospital com hematomas e morre asfixiada dias depois.
Lula recua e não defende mais Sarney em crise no Senado.
Revista confirma gravidez da top Gisele Bundchen.

Escrito por Nelson de Sá às 21h08

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A crise dos jornais acabou?

Depois do "New York Times", também a rede Gannett ("USA Today") deve "derrubar as previsões dos analistas nos próximos trimestres, devido ao corte de gastos e à moderação no declínio da publicidade". É o que destaca a agência Bloomberg, de uma entrevista com o maior acionista, John Rogers, da Ariel Investiments.

Ele ampliou sua participação na Gannett e decidiu investir também na rede McClatchy ("Miami Herald"). "Nós estamos nisso para o longo prazo", afirma, argumentando:

Com todo o corte de custos, você só precisa ter um crescimento razoável de receita para alcançar um crescimento de lucro espetacular. A economia vai se recuperar e as pessoas vão investir em publicidade de novo.

O blog Reflections of a Newsosaur diz que Rogers "subestima" os desafios da recuperação. Avisa que os anunciantes podem não voltar no volume de antes e que o "extremo" corte de custos pode ter afetado a qualidade e a imagem dos jornais, junto aos leitores, "irreversivelmente".

Escrito por Nelson de Sá às 11h43

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A recessão acabou?

A capa da nova "Newsweek" proclama, "The recession is over".

Obama, ontem em "town hall meeting" na Carolina do Norte, fez piada com a "notícia chocante" e acrescentou o que considera "verdadeiro: nós paramos com a queda livre". Exemplificou com a alta nos preços dos imóveis residenciais, a primeira em três anos:

O editor Daniel Gross já respondeu, sublinhando que a capa traz, em asterisco, "Boa sorte ao tentar sobreviver à recuperação", descrevendo longamente no texto como ela deve se parecer com uma recessão.

Notando que foi o que Obama falou depois, Gross ironiza que, "além de escrevermos o primeiro rascunho da história, parece que estamos também escrevendo o primeiro rascunho dos discursos do presidente".

Escrito por Nelson de Sá às 11h01

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Da TV Brasil para o Palmeiras

Ana Paula Sousa, em reportagem sobre a TV Brasil, hoje na Folha, noticia que, "informado de que muitos dos envolvidos no projeto criticam seu distanciamento, o presidente do conselho curador, Luiz Gonzaga Belluzzo", também presidente do Palmeiras, "quer deixar o posto":

Já  fiz o trabalho que deveria ter feito. O período de implantação foi duro e não tenho vocação para várias presidências. Vou conversar com o presidente Lula para entregar o cargo.

A reportagem destaca que "o Ministério da Cultura foi, na prática, afastado da TV Brasil, controlada pela Secretaria de Comunicação, do ministro Franklin Martins".

Escrito por Nelson de Sá às 10h22

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Yahoo, o fim

Para o TechCrunch, com charge, não foi acordo. "Hoje, o Yahoo morreu como ferramenta de busca" para abrir caminho para o Bing, da Microsoft.

Destaca que suas ações caíram US$ 2,9 bilhões em Wall Street, só ontem, com alta proporcional nas ações da Microsoft.

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje.

Escrito por Nelson de Sá às 09h56

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Depois de Serra, o Rio, o Rio Grande do Sul...

 

Para as edições, Folha, Valor, Estado, Globo, SN e MH. Para os sites, Folha Online, Valor Online, Estadao, Globo Online, Tempo Online (SN) e Dia Online (MH). Também PressDisplay e Newseum.

Escrito por Nelson de Sá às 09h47

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Obama perde apoio para reforma da saúde

 

Para as edições, NYT, WSJ, WP, FT, CD e TOI. Para os sites, NYT, WSJ, WP, FT, CD e TOI. Também NewsStand, PressDisplay e Newseum.

Escrito por Nelson de Sá às 09h31

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

De um lado para o outro, presos entre Paraná e Rio

Escalada de manchetes do "Jornal Nacional":

Notícias animadoras em hospital da Hungria. Felipe Massa deixa UTI e caminha pela primeira vez. Michael Schumacher vai substituí-lo nas próximas provas.
Dinheiro queimado no céu do Brasil. Presos vão de um lado para o outro entre Paraná e Rio de Janeiro por ordens judiciais. 
Vaidade perigosa. Estudo comprova que bronzeamento artificial pode provocar câncer.
Conselho de Ética do Senado recebe mais uma representação contra José Sarney.
Cai de novo a economia do governo para pagar juros da dívida.
Taxa de desemprego medida pelo Dieese diminui pela primeira vez em cinco meses.
No Brasil e nos Estados Unidos, autoridades dizem que o pior da crise internacional já passou. 
Lágrimas na piscina de Roma. O brasileiro Felipe França comemora sua conquista no Mundial.  

E do "Jornal da Record":

Meia volta no ar. Traficantes que iam de avião para o Rio são devolvidos para penitenciária do Paraná.
Gripe suína. Extensão das férias deixa escolas vazias e mães cheias de preocupação.
Sobrou para a médica. Ela foi porque o hospital não tinha vaga para paciente.
Michael Jackson. Laudo da perícia é adiado mais uma vez. Vídeo inédito mostra o astro com os filhos.
Polícia Federal desmonta esquema de contrabando no porto de Santos.
Desemprego tem a primeira queda em cinco meses.
Sai Massa, entra Schumacher. Brasileiro deixa UTI e alemão volta às pistas pela Ferrari.
Andrade e Bebeto. Eles são craques também na vida de aposentados.

Escrito por Nelson de Sá às 21h50

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Jornalismo e notícia são palavras do passado?

Chris Anderson, editor da "Wired", autor de "A Longa Cauda" e que foi questionado por plagiar o Wikipedia em seu livro mais recente, deu entrevista ao alemão "Der Spiegel" e partiu para o ataque. Sob o título "Talvez a mídia venha a ser um hobby em vez de um emprego":

Mr. Anderson, vamos falar sobre o futuro do jornalismo.

Esta vai ser uma entrevista chata. Eu não uso a palavra jornalismo.

Ok, que tal jornais? Eles estão com problemas profundos.

Desculpe-me, eu não uso a palavra mídia, eu não uso a palavra notícia. Eu não acho que essas palavras signifiquem mais nada. Elas definiram a imprensa no século 20. Hoje, são uma barreira. Elas estão atrapalhando nosso caminho, como uma charrete sem cavalo.

Que outras palavras você usaria?

Não há outras palavras. Nós estamos em uma daquelas épocas estranhas em que as palavras do século passado não têm sentido. O que é notícia, quando a maioria é criada por amadores? É notícia vindo de um jornal, ou de um grupo noticioso, ou de um amigo? Eu simplesmente não consigo achar uma definição para essas palavras.

Escrito por Nelson de Sá às 11h33

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Mais e mais jornal

Segundo a "IstoÉ Dinheiro", o grupo português "Diário Econômico" lança em setembro, no Brasil, um novo jornal de economia. A newsletter Jornalistas & Cia. informa que o grupo "convidou Ricardo Galuppo, que atuou em 'Exame' e 'Forbes', para o comando editorial".

Também segundo a "IstoÉ Dinheiro", o grupo Bandeirantes vai reformular o jornal "PrimeiraMão", que "ganhará equipe de jornalismo, colunistas e novo projeto gráfico", para "oferecer conteúdo de notícias, sem deixar de lado sua característica, os classificados".

Escrito por Nelson de Sá às 11h24

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Pesquisas, showmícios, blogs

A coluna Painel publica que, "segundo pesquisas em poder do PSDB, Lula e Dilma Rousseff teriam se queimado ao blindar José Sarney". E registra que "José Serra participa sábado. em Pernambuco, de homenagem pelos 20 anos da morte do cantor Luiz Gonzaga".

A coluna Mônica Bergamo publica que o PSDB "criou um blog apócrifo para criticar Lula e Dilma Rousseff", com passagens como "Dilma é boa aluna em matéria de mentira". Registrado em nome da legenda, ele é operado, responde a direção tucana, por "simpatizantes".

E o "Valor" informa:

O núcleo da pré-campanha serrista, composto por Gilberto Kassab, Orestes Quércia, Aloysio Nunes Ferreira, Alberto Goldman, Jorge Bornhausen, Sérgio Guerra e Roberto Freire, já se reuniu duas vezes na casa do prefeito para tratar da campanha. A preocupação mais imediata é viabilizar alianças que garantam o palanque presidencial de Serra. A meta do grupo é consolidar o PMDB como aliado nos Estados e conseguir que não apoie Dilma na convenção nacional.

Escrito por Nelson de Sá às 10h47

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

PMDB vs. PSDB?

O "Jornal Nacional" voltou à carga contra José Sarney e o PMDB, ressaltando a "investigação" solicitada pelo PSDB, que "não recuou" apesar das "ameaças" e fez três representações, uma delas já envolvendo a Petrobras.

O blog de Cristiana Lôbo informou à tarde, no portal G1, que o líder do PMDB, Renan Calheiros, avisou ao líder do PSDB, Arthur Virgílio, "se o PSDB entrar contra Sarney, o PMDB fará o mesmo" com o próprio Virgílio, por tomar empréstimo de Agaciel Maia etc.

O telejornal sublinhou também que Lula, ontem, não defendeu Sarney.  "O Estado de S. Paulo", hoje, afirma que o senador "informa ao Palácio do Planalto que pode sair", cedendo o comando para o PSDB "durante os trabalhos da CPI da Petrobras".

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje.

Escrito por Nelson de Sá às 09h53

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Serra adia aulas no Estado

 

 

Para as edições, Folha, Valor, Estado, Globo, SN e MH. Para os sites, Folha Online, Valor Online, Estadao, Globo Online, Tempo Online (SN) e Dia Online (MH). Também PressDisplay e Newseum.

Escrito por Nelson de Sá às 09h33

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Residências, fonte da crise, voltam a subir de preço

 

Para as edições, NYT, WSJ, WP, FT, CD e TOI. Para os sites, NYT, WSJ, WP, FT, CD e TOI. Também NewsStand, PressDisplay e Newseum.

Escrito por Nelson de Sá às 09h23

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

PSDB pede investigação sobre Sarney

Escalada de manchetes do "Jornal Nacional":

Piloto Felipe Massa apresenta melhora e já enxerga com o olho ferido no acidente. Médico da família diz que ele pode deixar a UTI.
A primeira morte provocada pela gripe suína no Nordeste. Doença adia volta às aulas de milhões de alunos de escolas públicas de São Paulo.
Investigações sobre a morte de Michael Jackson tomam novo rumo e a polícia aperta o cerco contra o médico particular do cantor.
Passageiros de ônibus fretados fecham uma das principais avenidas da capital paulista.
Ministério da Justiça entra com ação milionária contra duas operadoras de telefonia. Alegação é de desrespeito às regras de atendimento ao consumidor.
Governo diz que o Brasil saiu da crise econômica, mas despesas com pagamento de pessoal prejudicam as contas públicas.
PSDB pede investigação sobre o senador José Sarney no Conselho de Ética.
Seleção brasilera. Diego Tardelli é a novidade para amistoso contra a Estônia.   

E do "Jornal da Record":

Exclusivo. Segurança acusado de matar um rapaz em festa rave tem passagem pela polícia.
Blitz na jogatina. Quatro bingos são fechados na mesma noite.
Gripe suína. Secretaria da Educação de São Paulo adia volta às aulas.
Governo multa operadoras de celular por mau atendimento.
Felipe Massa abre o olho ferido, fala em três idiomas e passa bem.
Nilton Santos e Marinho. A rua da amargura de dois craques do passado.
Apartamento de Romário vai a leilão para pagar dívidas.
Banana, manga, abacate. Elas só engordam se você quiser.

Escrito por Nelson de Sá às 21h23

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Mais e mais Yahoo! News

O instituto Nielsen Online soltou as maiores audiências de junho nos EUA, em milhões de visitantes únicos aos sites de notícias. O percentual de crescimento é na comparação com junho de 2008:

Yahoo! News  45,6 (+30%)
CNN  38,8 (+14%)
MSNBC  36,3 (-4%)
AOL News  24,7 (+12%)
New York Times  17,4 (-1%)
Tribune (Los Angeles Times, Chicago Tribune)  17 (+13%)
Fox News  16,8 (+61%)
ABC News  13,4 (+16%)
Google News  12,8 (+22%)
McClatchy (Miami Herald)  12,7 (+29%)
Gannett (Detroit Free Press)  12,3 (-1%)
USA Today  9,6 (0%)
Washington Post  9,6 (+6%)
NBC Local  9,5 (n/a)
CBS News  9,3 (+9%)
Advance  9,3 (+30%)
Huffington Post  7,5 (+85%)
Hearst (San Francisco Chronicle, Houston Chronicle)  7,4 (0%)
WorldNow  7,2 (-10%)
BBC News  7,2 (+21%)

Escrito por Nelson de Sá às 10h56

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Globo, clone da Record

Da coluna Zapping, do "Agora São Paulo", sábado passado, sob o título "Globo faz versão do Hoje em Dia":

A Globo está gravando o piloto de um programa matinal de entretenimento. Os nomes cotados para a apresentação são os jornalistas Carla Vilhena e Fernando Rocha. A ideia é que a atração seja exibida antes do "SPTV", no ar às 11h55, e tenha entre 30 e 40 minutos. Deve ter reportagens com temas variados, como obesidade e doenças de pele, e entrevistados no palco. Pelo horário e segmento, a atração vai disputar audiência com o "Hoje em Dia", da Record. O cenário deve seguir os mesmos moldes da concorrência, com sofás, estante, mesa de jantar, televisão e até uma cozinha.

Na edição de hoje, acrescenta que "o novo matinal terá um reality show por mês", um deles sobre uma jovem tentando emagrecer.

Por outro lado, segundo a coluna Ooops a Globo acusou a Record de usar imagens de corridas de Fórmula 1 exclusivas suas no "Esporte Fantástico", "cópia malfeita" do "Esporte Espetacular". A Record nega.

Escrito por Nelson de Sá às 09h42

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Piada?

Sábado, o humorista da Bandeirantes comparou jogador de futebol a "macaco", depois chamou "negro de macaco", e desde então só faz se justificar, por tweet, blog.

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje.

Escrito por Nelson de Sá às 09h20

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

São Paulo proíbe e passageiros se revoltam

Para as edições, Folha, Valor, Estado, Globo, SN e MH. Para os sites, Folha Online, Valor Online, Estadao, Globo Online, Tempo Online (SN) e Dia Online (MH). Também PressDisplay e Newseum.

Escrito por Nelson de Sá às 09h04

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

EUA e China começam a moldar o século 21

 

Para as edições, NYT, WSJ, WP, FT, CD e TOI. Para os sites, NYT, WSJ, WP, FT, CD e TOI. Também NewsStand, PressDisplay e Newseum.

Escrito por Nelson de Sá às 08h54

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sarney? Que Sarney?

Escalada do "Jornal Nacional":

Os médicos suspendem os sedativos e Felipe Massa desperta do coma induzido. Ele já faz perguntas sobre o acidente. A família do piloto se mostra confiante em uma rápida recuperação. Nossos repórteres mostram como a tecnologia ajudou a salvar a vida de Felipe.
Gripe suína causa novas mortes no Brasil. Escolas discutem o adiamento da volta às aulas.
Gasto dos turistas brasileiros no exterior volta ao nível de antes da crise mundial.   

E do "Jornal da Record":

Palhaçada criminosa. Ladrões fantasiados assaltam papelaria e atiram em policiais.
Argentino preso entre milicianos é suspeito de fazer estágio no crime carioca.
Dólar cai de novo e Bolsa atinge o maior nível do ano.
Escolas adiam volta às aulas para se prevenir contra a gripe suína.
Já sem os sedativos, Felipe Massa fala com os médicos e impressiona pela recuperação
No Canadá, Tony Kanaan escapa ileso do carro em chamas.
Romário, glória e drama. A maré baixa do “peixe marrento”.
Baleia com filhote encanta a zona sul do Rio.

Escrito por Nelson de Sá às 22h32

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Dirceu e a mídia

O ex-ministro José Dirceu voltou das férias, agora pela manhã, com o post "No jogo da mídia, a democracia não existe":

É escandaloso! Para combater governos populares, eleitos e reeleitos legalmente, que fizeram referendos e venceram o poder econômico e a mídia de seus países -casos da Bolívia, Equador, Venezuela, Paraguai- nossa imprensa, aos poucos, vai referendando o golpe de estado em Honduras. O argumento é que o Congresso funciona e o Judiciário legalizou a usurpação do poder pelas armas. Um mote que todos conhecemos -foi usado no Brasil contra o presidente João Goulart, o Jango. Agora a mídia quer passar que se tratou de um "contra-golpe", legal e constitucional. Vejam a que ponto chegaram! Vale tudo contra as reformas sociais e políticas, contra a retomada da soberania nacional, dos recursos naturais.

PS - Antes dele, Reinaldo Azevedo, em "Surge alguma racionalidade":

Um pouco de racionalidade, um pouquinho só, começa a surgir na imprensa brasileira ao tratar da questão hondurenha. Nada ainda adequado ao significado do conflito político lá deflagrado. No "Estadão" de domingo, um texto dá conta do óbvio: a esmagadora maioria da população quer Manuel Zelaya longe de Honduras e apoia Roberto Micheletti. Na Folha, outra reportagem informa que o Departamento de Estado dos EUA ficou chateado com a pantomima daquele senhor. Noticia-se de maneira um pouco mais clara que o "golpe" foi uma resposta às transgressões à Constituição.

Escrito por Nelson de Sá às 11h36

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

De Obama, para Dilma

A revista "Meio Digital" entrevistou longamente Ben Self, estrategista de internet de Barack Obama que vem sendo assediado pelos marqueteiros João Santana e Luiz González, respectivamente dos pré-candidatos a presidente Dilma Rousseff, do PT, e José Serra, do PSDB.

Ele vem ao Brasil nas próximas semanas para fechar contrato de consultoria, pelo que se informa, com Santana.

Self é um dos fundadores da Blue State Digital, que fez da campanha de Obama "o maior fenômeno de engajamento em plataformas digitais da história", como descreve Pyr Marcondes, que acompanhou o consultor por dois dias no Brasil, trazido pela agência digital AG2. Diz Self:

Não sou guru. Em uma campanha como a de Obama não há gurus. Há uma equipe e muito trabalho. Não se trata de uma campanha digital, mas de um programa planejado de engajamento e relacionamento digital. Não há pulo do gato, nunca houve um plano mestre secreto, não fizemos mágica. Apenas dotamos o eleitor de poder, voz e tecnologia. Eles fizeram o resto. Criamos "stakeholders". Todo eleitor se sentiu dono da campanha. E era mesmo, de fato e na prática.  

Entre seus conselhos:

Fale diretamente com o eleitor, nunca o deixe sem respostas e nunca interrompa seu diálogo com ele. Nunca. Entenda o que ele pensa e o que ele deseja, a sua lógica, e o atenda. Estimule-o para que fale com outros, seus vizinhos, os fiéis de sua igreja. Crie conexões e relacionamentos. Aos poucos você ganhará a confiança dos seus eleitores. Entenda que, como em um relacionamento amoroso, você não se casa no primeiro encontro. Um relacionamento se constrói aos poucos. Assim como você não deixa de falar com sua mulher no dia seguinte ao casamento. Não há interrupção no diálogo.

A um ano da campanha, o Radar posta que, dos 513 deputados federais, "apenas 319 (62%) possuem sites ou blogs oficiais". E "dão mais atenção ao Orkut: o número de deputados com comunidades chega a 369 (72%)". Das legendas, "PT e PSDB são os mais plugados: 83% da bancada petista têm site ou blog e 95% dos deputados tucanos estão no Orkut".

Quanto à decantada "febre do momento, o Twitter por enquanto seduziu apenas 47 deputados (9% do total)".

Escrito por Nelson de Sá às 10h26

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Leilão 2010

O "Valor" deu três semanas atrás que o PT havia procurado "a equipe de comunicação de Obama".

A "Veja" informou depois que "a equipe do marqueteiro João Santana negocia um contrato com a Blue State Digital", que desenhou a campanha democrata na web. E a coluna Painel noticiou ontem que "fracassaram as conversas da equipe de Luiz González, marqueteiro do PSDB", com a mesma Blue State.

Assim, "sobra no jogo" só a campanha petista. E a consultoria americana vem ao país no mês que vem para fechar negócio.

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje.

Escrito por Nelson de Sá às 09h24

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Depois de Sarney, a CPI da Petrobras

  

Para as edições, Folha, Valor, Estado, Globo, SN e MH. Para os sites, Folha Online, Valor Online, Estadao, Globo Online, Tempo Online (SN) e Dia Online (MH). Também PressDisplay e Newseum.

Escrito por Nelson de Sá às 09h20

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Democratas vs. democratas, na reforma da saúde

 

Para as edições, NYT, WSJ, WP, FT, CD e TOI. Para os sites, NYT, WSJ, WP, FT, CD e TOI. Também NewsStand, PressDisplay e Newseum.

Escrito por Nelson de Sá às 09h06

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sarney de um lado, Dantas de outro

 

Para as edições e capas, VejaCartaCapitalÉpocaIstoÉ.

Escrito por Nelson de Sá às 09h02

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Nelson de Sá Nelson de Sá é articulista da Folha de S.Paulo.
RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.